Pesquisar
Close this search box.

Entenda o que é a modalidade courier e quais as vantagens para lojistas e consumidores

O Frete courier é uma modalidade de entrega expressa conhecida por sua operação porta a porta. Basicamente a coleta do produto é realizada na loja ou centro de distribuição, e a entrega é realizada diretamente ao destinatário.
O que é entrega courier

Principais tópicos

Com a crescente busca por entregas mais rápidas e o aumento de encomendas de diversas partes do mundo, cada vez mais lojistas estão em busca de alternativas para suprir as necessidades dos consumidores.

O courier, também conhecido como remessa expressa, é uma modalidade de entrega que tem como principal característica a agilidade.

Dessa forma, é possível garantir envios mais rápidos tanto em solo nacional quanto para diferentes países.

Criamos um conteúdo completo para explicaro que é courier, qual a sua importância e quando é recomendado utilizar esse tipo de frete. Acompanhe a seguir e fique por dentro do assunto!

O que é entrega courier e como funciona? 

O termo courier tem origem inglesa e significa “entregas rápidas”. Atualmente, o serviço tem apresentado crescimento no Brasil e no mundo, devido aos seus diferenciais e vantagens.

O courier é uma modalidade de entrega expressa que se destaca por sua relevante rapidez e segurança.

Regulamentada pela Receita Federal, o courier conta com regras próprias e vantagens para lojistas e consumidores.

A principal característica do courier é que o serviço atua de porta a porta, ou seja, as encomendas são entregues até o endereço desejado.

Por isso, o courier é considerado uma opção bastante cômoda para quem envia e para quem recebe.

O serviço especializado é ideal para a remessa de pacotes, documentos e mercadorias, tanto nacionais quanto internacionais.

Para isso, as empresas que oferecem o courier contam com uma logística estratégica e eficiente.

Ou seja, elas utilizam diferentes opções de transporte, como aviões e caminhões, assim como centros de distribuição localizados para otimizar os trajetos e garantir que as encomendas cheguem aos seus destinos rapidamente.

Assim que o pacote é entregue, é possível acompanhar o status em tempo real do frete por meio de um código de rastreamento.

Assim, o lojista pode ter um melhor controle sobre as mercadorias, evitando, por exemplo, extravios e atrasos.

Em geral, a modalidade é utilizada para entregas de alto valor agregado, mas também é ideal para transportar remessas internacionais, documentos importantes, medicamentos, entre outros itens.

Nesse caso, o courier funciona a partir de algumas etapas básicas. Veja quais são a seguir!

Aprovação da fatura comercial

A fatura comercial é um documento cujo objetivo principal é o de descrever todos os dados da encomenda a ser importada.

Ele indica, por exemplo, as informações logísticas, a forma de pagamento, entre outros.

Para realizar o envio de mercadorias via courier dentro das normas vigentes, o primeiro passo é conseguir um modelo desse documento com a empresa responsável por realizar o envio.

Contratação de empresa especializada

A etapa seguinte é contratar um serviço especializado de courier no seu país. No Brasil, existem diferentes empresas atuantes nesse segmento de logística, como DHL, FedEx, TNT, e muitas outras.

Para uma boa escolha, considere a cotação de preços, a abrangência do frete, além das regras de dimensão e peso das mercadorias.

Isso porque o comércio exterior é uma área vasta e cada companhia conta com normas e operações específicas.

Efetivação da importação

Após selecionar a empresa de courier e atender aos requisitos de documentação da Receita Federal, chega o momento de efetivar a importação dos produtos.

Nesse caso, toda a operação logística posterior é feita pelo serviço contratado.

Com isso, o lojista que está realizando a importação pode contar com mais simplicidade, tranquilidade e segurança, sabendo que todos os processos que envolvem o frete são gerenciados por profissionais especializados.

Como as empresas de courier atuam?

Como vimos, é fundamental escolher um serviço de courier de uma empresa especializada no assunto.

No Brasil, existem diversas marcas que atuam com excelente desempenho, transparência e responsabilidade.

Para isso, as companhias podem adotar diferentes meios de locomoção para promover entregas cada vez mais rápidas e dentro do prazo estabelecido, como carros, motos, vans e aviões

A escolha do melhor modelo de entrega depende do tamanho da encomenda, da distância e do tempo necessário para que a mercadoria chegue até o seu destino final. 

As empresas especializadas em courier também podem oferecer modelos diversos de contratação do serviço. Veja a seguir!

Ponto a ponto

O modelo ponto a ponto é ideal para quando se deseja realizar uma entrega pequena, como um documento. Nesse caso, há três tipos principais de entrega: normal, expressa e econômica.

A entrega normal geralmente é feita no mesmo dia em que foi solicitada. A entrega expressa é encaminhada logo após a coleta da encomenda e a entrega econômica é marcada para o dia seguinte.

Diária

O modelo diário é recomendado quando o objetivo é entregar uma grande quantidade de mercadorias.

Nesse caso, o prazo do frete costuma ser maior, já que a quantidade de itens influencia no tempo de coleta dos produtos.

Contrato

Os lojistas que decidem utilizar o serviço de courier com frequência e em grandes demandas podem optar pela modalidade de contrato com a empresa especializada em courier. 

Como citamos, antes de contratar o courier, é fundamental verificar se as encomendas atendem aos requisitos da companhia responsável. 

Personalizado

O modelo personalizado é indicado para quem busca comodidade e tranquilidade para as suas entregas. Isso porque a coleta das mercadorias pode ser adaptada à necessidade do cliente.

É uma alternativa muito interessante para quem tem um negócio próprio e deseja escalar as vendas.

Nesse caso, o serviço de courier pode ser usado com frequência, de maneira mais simples e desburocratizada.

Quais as vantagens de utilizar o serviço de entrega?

Como vimos, o grande diferencial do courier é a agilidade e a segurança.

A modalidade também possibilita um rastreamento muito mais preciso, já que todo o processo é concentrado em apenas uma empresa.

A logística é outro aspecto que torna o courier vantajoso, principalmente quando há a necessidade de realizar entregas com urgência.

Isso porque, em geral, os centros de distribuição possuem uma ampla cobertura, atingindo diversas localidades. 

A depender do tipo de empreendimento, o serviço de courier é a melhor alternativa para expandir os negócios, aumentar a satisfação dos consumidores e também a taxa de conversão

As empresas que atuam com courier prezam bastante pela agilidade nas entregas. Quando comparado a outros modelos de envio, o courier é ideal para encomendas perecíveis ou de alto valor, por exemplo.

Outro diferencial é que as mercadorias são tratadas com cuidado e proteção ao longo de todo o percurso, reduzindo significativamente as chances de danos.

Os clientes ainda conseguem ter acesso a dados precisos sobre o frete em tempo real.

Devido à excelente rastreabilidade da modalidade, há mais transparência e tranquilidade, já que é possível acompanhar o progresso da entrega até chegar ao destino final.

Outra vantagem é em relação aos prazos e à confiabilidade do courier.

As empresas garantem que as remessas sejam entregues de forma segura e dentro do cronograma estabelecido, favorecendo a confiança dos consumidores.

Deu para perceber que o courier oferece inúmeros benefícios, facilitando e tornando a rotina dos lojistas mais simples e descomplicada.

É uma ótima maneira de ver o seu negócio crescer e alcançar melhores resultados.

Quem pode usar o serviço? Entenda as regras

O courier está disponível tanto para pessoas físicas quanto jurídicas. É a alternativa mais indicada, atualmente, para situações urgentes e para o envio de encomendas com volume menor.

Apenas empresas autorizadas pela Receita Federal podem adotar essa modalidade de frete, como citamos. Inclusive, existe uma série de restrições e requisitos que devem ser considerados antes de optar pelo courier.

O valor máximo das mercadorias, por exemplo, não pode ultrapassar US$ 3 mil e não são permitidas remessas que exijam Licenças de Importação (LI). As empresas também estabelecem limitações de peso e tamanho dos pacotes.

Geralmente, a modalidade courier ocorre principalmente por via aérea, tornando a entrega mais rápida e simplificada. Mas, a depender do caso, o processo logístico pode ser feito por via terrestre.

A empresa de courier fica responsável por coletar as encomendas, realizar o transporte e a liberação aduaneira. Para isso, é importante garantir a conformidade com as exigências alfandegárias de cada país.

Também existem algumas remessas sujeitas a restrições adicionais, como produtos perigosos, alimentos perecíveis e itens sob controle sanitário, como medicamentos, bebidas, cosméticos, entre outros.

Os lojistas que desejam adotar o courier como alternativa de entrega aos consumidores precisam estar familiarizados com as normas específicas de importação. 

Da mesma forma, é recomendável consultar as regulamentações alfandegárias e as restrições do país de destino antes de optar pelo frete via courier.

Isso pode evitar muitos contratempos, como atrasos na entrega e insatisfação dos clientes.

Qual o custo do frete courier?

A escolha pelo courier é atrativa devido à agilidade e flexibilidade de tamanhos e volumes dos produtos.

No entanto, é essencial estar atento em relação aos custos, tributação, legislação, entre outras informações importantes.

Geralmente, a modalidade courier é um pouco mais cara quando comparada com outras alternativas de envio, como a remessa postal.

Isso porque a tributação é bastante específica, fazendo com que o courier tenha um preço elevado.

O courier tem incidência de tributação de 60% sobre o Valor Aduaneiro, englobando o valor da mercadoria, frete e seguro, referente ao Imposto de Importação (II).

Além disso, a remessa expressa incide no ICMS de acordo com cada estado.

Os lojistas que pretendem adotar o courier como modalidade de entrega devem realizar o estudo de frete para encontrar valores mais competitivos.

Assim, a logística pode ser ainda mais estratégica e eficiente.

É interessante utilizar o courier em determinadas situações que demandam entrega rápida, segura e rastreável para longas distâncias.

Apesar de oferecer muitas vantagens, o courier pode ter um custo elevado para muitos empreendedores.

Quando usar a modalidade de entrega courier?

Muitos lojistas, principalmente os iniciantes, cogitam o courier como forma de envio para os seus negócios sem entender como a modalidade realmente funciona na prática. 

A remessa expressa é vantajosa em determinadas situações. Por exemplo, quando o consumidor deseja receber a sua mercadoria importada com mais segurança e agilidade, acompanhando as diferentes etapas do rastreamento com precisão.

O courier também é indicado para alguns tipos de embarques específicos, especialmente quando se trata do envio de amostras e pequenos volumes em garantia.

Mesmo assim, é importante lembrar que, mesmo oferecendo um procedimento logístico mais rápido, o courier é submetido à Receita Federal assim como qualquer outro tipo de frete.

Para pessoas físicas, a modalidade pode ser utilizada apenas para bens de consumo ou amostras. Pessoas jurídicas, por outro lado, encontram condições de importação mais ampla.

Veja, abaixo, alguns itens e produtos que valem a pena ser enviados via courier:

  • peças em garantia;
  • amostras;
  • brindes;
  • manuais;
  • revistas;
  • periódicos;
  • documentos.

É fundamental respeitar a legislação da importação via courier, já que a Receita Federal pode descaracterizar uma remessa caso detecte alguma irregularidade ou descumprimento da lei.

Quando isso ocorre, a mercadoria se transforma em uma importação formal, perdendo todos os benefícios de agilidade e economia que a modalidade courier oferece.

O courier é realmente indicado quando é preciso contar com agilidade e segurança, em cargas relativamente pequenas e, também, quando os custos são menores que os projetados na importação formal.

Avaliar os detalhes, os custos, a tributação, entre outras características do modelo de frete courier é a estratégia mais recomendada para garantir as vantagens e reduzir o valor final do desembolso.

Afinal, devo escolher entrega courier ou formal? 

Até aqui, vimos que o courier é uma operação realizada de forma expressa e entregue porta a porta.

Nesse caso, o processo é menos burocrático, já que o desembaraço aduaneiro é simplificado e feito pela transportadora responsável.

Mesmo com seus benefícios, o courier apresenta algumas limitações, como as que citamos ao longo do conteúdo. Além disso, é uma alternativa mais indicada para remessas pequenas.

Sem contar que a entrega via courier pode pesar de forma significativa no bolso do lojista. É interessante contratar esse tipo de serviço apenas quando há, de fato, mais urgência no recebimento dos pacotes.

A modalidade de remessa formal, por outro lado, permite um volume maior de importação a preços mais baixos. Além disso, na entrega formal, não há limites em relação ao valor das mercadorias.

Mesmo assim, em ambos os tipos de frete há a proibição de determinados produtos restritos, como itens falsificados, resíduos sólidos, cigarros, rejeitos que causem danos ao meio ambiente, entre outros.

Caso o lojista escolha pela modalidade formal, será preciso checar quais são as exigências legais sobre cada produto que se deseja importar e, a partir disso, optar pelo modal de embarque mais adequado.

Se a preferência for pelo courier, é importante buscar uma empresa especializada no serviço e fazer uma cotação para ter um melhor planejamento financeiro.

Ambas as opções de frete são mais ou menos adequadas, a depender de cada ocasião.

A importação por courier é recomendada quando é necessário garantir agilidade e segurança.

Mesmo assim, o lojista precisa considerar todos os custos e observar qual opção pode ter um valor mais competitivo.

Agora você já sabe o que é courier e as suas vantagens. Se você é lojista e busca um serviço de frete mais em conta para os consumidores, é interessante conhecer as diferentes opções de remessa disponíveis.

Mesmo assim, tenha em mente que o courier é mais indicado para pequenas mercadorias e para envios que demandam agilidade e segurança.

Dessa forma, será possível alcançar mais economia e garantir a satisfação dos clientes.

Conteúdos que podem te interessar:

 ➞ Entrega expressa: o que é, como funciona e os principais benefícios
Prazo de entrega: como garantir a entrega no prazo e dicas para contornar clientes insatisfeitos!
O que é PAC dos Correios: entenda se essa modalidade de entrega é para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Tray tem tudo que você precisa para escalar seu negócio!

Abra sua loja na Tray

Você já é um cliente Tray?

Não perca os nossos mais recentes lançamentos e mantenha-se atualizado!

Confira os Planos Tray e abra sua loja virtual

Mensal
Anual

Plano 1

52
Economize R$84
R$ 624 por ano
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 2

94
Economize R$60
R$ 1.128 por ano
em até 6x sem juros

Plano 3

236
Economize R$156
R$ 2.832 por ano
em até 6x sem juros

Plano 4

359
Economize R$480
R$ 4.308 por ano
em até 6x sem juros

Assine e receba novos materiais

⚠ Não se preocupe, você não receberá spams. Além disso, seus dados estão seguros, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados.

Fique por dentro

Parabéns por se inscrever

Quer receber conteúdos e materiais em primeira mão? Acesse nosso grupo gratuitamente!