Pesquisar
Close this search box.

Taxa de Conversão: O que é e como maximizar sua taxa de conversão com estratégias que funcionam

A taxa de conversão é a principal métrica para analisar se as suas campanhas de marketing e publicidade estão dando resultados. Na prática, a taxa de conversão é o número de visitantes de um site que realizam uma determinada ação, seja comprar um produto, preencher um formulário, assinar uma newsletter ou baixar um e-book.
Taxa de Conversão: O que é e como aumentá-la na sua loja virtual!

Principais tópicos

No mundo do e-commerce, a taxa de conversão é um dos indicadores-chave para medir o sucesso de uma estratégia de marketing ou vendas.

Entender como calcular e otimizar esse referencial pode ser o diferencial que alavancará um empreendimento digital.

Mas o que é exatamente essa métrica?

Como alcançar uma boa taxa de conversão?

Quais fatores influenciam esse indicador e como medir seu desempenho?

Como usar testes A/B e outras técnicas para melhorar a taxa de conversão?

Neste artigo, você encontrará todas as respostas para essas perguntas e muito mais.

Exploraremos desde os conceitos básicos até as estratégias avançadas para aumentar a taxa de conversão em seu site ou loja virtual.

Além disso, apresentaremos casos de sucesso, dados sobre o assunto em variados segmentos do e-commerce e as ferramentas mais úteis para melhorar esse poderoso indicador.

Se você quer impulsionar o seu negócio, não deixe de ler este artigo até o final e descubra tudo o que você precisa saber para alavancar sua taxa de conversão!

O que é taxa de conversão e por que é importante para o seu negócio?

A taxa de conversão refere-se ao número de visitantes de um site que realizam uma determinada ação, como comprar um produto, preencher um formulário, assinar uma newsletter ou baixar um e-book.

É um indicador importante para medir a eficácia de um site ou loja virtual em converter visitantes em clientes, além da efetividade de uma campanha de marketing ou vendas.

Por exemplo, se 100 pessoas visitam o seu site e 10 delas realizam uma compra, a sua taxa de conversão será de 10%.

Esse indicador é extremamente importante para seu negócio, pois indica o grau de efetividade das suas estratégias de mercado.

Uma taxa de conversão alta significa que você está atraindo o público certo e que suas ofertas e argumentos de vendas estão sendo efetivos.

Já uma proporção baixa indica que é necessário rever sua estratégia e identificar os pontos que precisam ser melhorados.

Além disso, é uma das métricas que determinam o ROI (Return on Investment) de suas campanhas de marketing, permitindo avaliar se os investimentos estão gerando um retorno positivo para seu negócio.

Portanto, em poucas palavras, a taxa de conversão é uma métrica fundamental para entender a eficácia das suas estratégias de marketing e vendas e, consequentemente, para o sucesso do seu negócio!

Como calcular a taxa de conversão e quais indicadores são relevantes?

Para calcular a taxa de conversão, você precisa dividir o número de visitantes que realizaram a ação desejada pelo número total de visitantes do seu site ou página de destino, e multiplicar o resultado por 100.

A fórmula é simples:

Taxa de conversão = (Número de conversões / Número de visitantes) x 100

Por exemplo, se em um determinado período, 1.000 pessoas visitaram o seu site e 50 realizaram uma compra, a sua taxa de conversão será de 5% (50/1000 x 100).

Além da taxa de conversão geral, existem outros indicadores que podem ser relevantes para avaliar a efetividade das suas estratégias de mercado, tais como:

  • Taxa de conversão por canal de aquisição: avalia a efetividade de cada canal de aquisição de tráfego em gerar conversões. Você pode eventualmente aferir a taxa de conversão de visitantes que chegaram ao seu site por meio de uma campanha de e-mail marketing, comparando-a com a taxa de conversão de visitantes que chegaram por meio de anúncios no Google Ads.
  • Taxa de conversão por dispositivo: avalia a efetividade do seu site ou loja virtual em gerar conversões em diferentes dispositivos, como desktop, celular e tablet.
  • Taxa de conversão por segmento de público: examina a efetividade das suas estratégias de segmentação de público em gerar conversões em diferentes grupos de pessoas, como faixa etária, localização geográfica, interesses, entre outros.

Ao apreciar esses indicadores, você poderá identificar as melhores práticas para aumentar a taxa de conversão do seu site ou loja virtual e direcionar seus investimentos de marketing para as áreas que geram mais retorno.

Quais são os fatores que influenciam a taxa de conversão e como otimizá-la?

Para otimizar essa métrica em seu negócio, é imprescindível entender as condições que influenciam esse indicador tão necessário.

Devem-se conhecer as variáveis que o afetam e saber como otimizá-las para alcançar melhores resultados.

Na sequência, abordaremos os principais fatores que influenciam a taxa de conversão e apresentaremos dicas práticas para otimizá-la:

  • Experiência do usuário: a experiência do usuário no site pode influenciar diretamente na taxa de conversão. Um site com navegação intuitiva, fácil de usar e com informações claras e objetivas tende a gerar mais conversões do que um site confuso e difícil de navegar.
  • Velocidade do site: um site que carrega rapidamente tende a gerar mais conversões do que um site lento, pois os usuários tendem a abandonar páginas que demoram para carregar. Aposte em tecnologias e estratégias que ajudem a otimizar a velocidade do seu site.
  • Design do site: um design atraente e profissional pode aumentar a credibilidade do seu site e, consequentemente, a taxa de conversão. Um site bem desenhado pode ajudar a transmitir confiança e credibilidade aos usuários.
  • Conteúdo do site: o conteúdo do site também pode influenciar na taxa de conversão. Um conteúdo bem escrito e relevante pode ajudar a engajar os usuários e incentivá-los a realizar uma ação desejada, como uma compra ou preenchimento de formulário.
  • Ofertas e promoções: montar ofertas e promoções exclusivas pode ser um bom estímulo para aumentar a taxa de conversão. Uma oferta especial pode incentivar o usuário a realizar uma ação desejada, como uma compra, inscrição em um curso ou preenchimento de formulário.

Para otimizar a taxa de conversão, é importante avaliar regularmente todos esses aspectos e identificar oportunidades de melhorias.

Testes A/B podem ser uma boa estratégia para dimensionar os diferentes elementos do seu site, como cores, layout, ofertas, entre outros, e identificar as melhores práticas para aumentar a taxa de conversão.

Também é adequado estar sempre atento às métricas e indicadores de desempenho do site, como tempo médio de permanência, taxa de rejeição, entre outros, e avaliar como eles podem influenciar na taxa de conversão.

Como usar os testes A/B para melhorar a taxa de conversão?

Os testes A/B são um artifício eficaz para entender o comportamento dos usuários e identificar quais mudanças no design, conteúdo ou estrutura de uma página podem levar a uma maior taxa de conversão.

Por exemplo, é possível testar diferentes títulos, chamadas para ação, cores, imagens e layout para identificar quais elementos geram mais engajamento e conversão.

Para realizar um teste A/B, vale a pena definir claramente qual é a meta da página que será testada.

Pode ser o preenchimento de um formulário, a realização de uma compra ou a assinatura de uma newsletter.

Em seguida, deve-se criar duas versões da página, variando apenas um elemento por vez, e exibir cada versão para um grupo de usuários selecionado aleatoriamente.

É imprescindível monitorar e comparar as métricas de cada grupo, como taxa de conversão, taxa de rejeição e tempo médio de permanência na página, para identificar qual versão gera melhores resultados.

Com base nesses dados, é possível decidir qual versão adotar como padrão e continuar testando outras variáveis para otimizar ainda mais a taxa de conversão do seu site ou loja virtual.

Como saber se minha taxa de conversão está boa?

Uma boa taxa de conversão varia de acordo com o segmento de mercado e o objetivo da página.

No entanto, existem algumas referências que podem ajudar a avaliar se a taxa de conversão está boa ou não.

Por exemplo, a média de taxa de conversão global de um e-commerce é de cerca de 2%; mas para algumas indústrias, como os segmentos de moda e acessórios, essa média pode chegar a 5%.

Já para uma landing page com objetivo de captação de leads, uma taxa de conversão de 20% é considerada muito boa.

Outro elemento a considerar é o histórico de desempenho da página.

É necessário monitorar a taxa de conversão ao longo do tempo e avaliar se houve uma melhora ou queda em relação a períodos anteriores.

Além disso, é preciso levar em conta o tipo de tráfego que a página recebe.

Se a maioria dos visitantes é composta por pessoas que ainda não conhecem a marca ou produto, a taxa de conversão tende a ser menor do que se a página receber um tráfego mais qualificado.

7 dicas práticas para aumentar a taxa de conversão em seu site ou loja virtual

Para ajudá-lo a melhorar a taxa de conversão do seu site ou loja virtual, selecionamos sete dicas práticas que podem ser facilmente aplicadas.

1. Melhore a velocidade de carregamento do seu site

Um site que demora muito para carregar pode causar uma péssima experiência para o usuário, fazendo com que ele desista da compra ou da conversão.

Invista em melhorias que possam deixar o site mais rápido, como a otimização de imagens e a utilização de ferramentas de cache.

2. Ofereça um design intuitivo e agradável

O design do seu site é mais um aspecto relevante para a taxa de conversão, pois ele pode influenciar na percepção do usuário em relação à sua marca.

Um layout intuitivo, agradável e que transmita confiança pode aumentar a taxa de conversão, enquanto um design desorganizado ou pouco atraente pode afastar o usuário.

3. Utilize chamadas claras e objetivas

As chamadas, também conhecidas como calls-to-action (CTAs), são elementos para incentivar o usuário a realizar a conversão.

Por isso, é essencial que elas sejam claras, objetivas e diretas ao ponto, sem deixar margem para dúvidas ou incertezas.

4. Invista em conteúdo relevante e de qualidade

Publicar conteúdo relevante e de qualidade é uma forma de atrair e engajar o usuário, além de ajudá-lo a tomar a decisão de realizar a conversão.

Invista em conteúdos que possam esclarecer dúvidas e fornecer informações relevantes sobre o seu produto ou serviço.

5. Facilite o processo de checkout

O processo de checkout deve ser simples e intuitivo, para que o usuário possa realizar a conversão sem dificuldades.

É importante oferecer opções claras de pagamento e frete, além de reduzir o número de campos obrigatórios para preenchimento.

6. Utilize o remarketing de forma estratégica

Trata-se de um recurso que permite exibir anúncios personalizados para usuários que já visitaram o seu site.

Utilize o remarketing de forma inteligente, exibindo anúncios relevantes para cada fase do funil de vendas, para incentivar o usuário a retornar e realizar a conversão.

7. Ofereça um excelente suporte ao cliente

suporte ao cliente é um fator significativo para a satisfação do usuário e para a fidelização do cliente. Disponibilize canais de atendimento eficientes e ágeis, que possam solucionar dúvidas e problemas de forma rápida e eficaz.

Isso pode fazer toda a diferença na hora do usuário decidir realizar a conversão.

Estudos de caso de empresas que aumentaram a taxa de conversão e como elas conseguiram

Um ótimo caminho para entender como a taxa de conversão pode ser alavancada é por meio da análise de casos reais de sucesso.

Aqui estão alguns exemplos de empresas que conseguiram aumentar sua taxa de conversão e como elas conseguiram isso.

Amazon

A Amazon é um dos maiores varejistas online do mundo, sendo conhecida por sua excelente experiência do usuário.

Para melhorar ainda mais sua taxa de conversão, a empresa testa continuamente novos recursos em seu site, como imagens de produtos em alta resolução e opções de compra com um clique.

Dropbox

A Dropbox aumentou sua taxa de conversão em 10% apenas com a alteração de uma palavra no texto do botão de chamada para ação (CTA) em seu site.

A empresa mudou a palavra “inscreva-se” para “cadastre-se”, o que resultou em uma melhoria significativa na taxa de conversão.

Spotify

O Spotify é um serviço de streaming de música que melhorou sua taxa de conversão com a implementação de um teste A/B.

A empresa testou duas versões da página de inscrição, com a versão vencedora aumentando a taxa de conversão em mais de 20%.

A mudança que mais impactou foi a inclusão de um texto explicativo no botão de inscrição.

Esses são apenas alguns modelos de como empresas conseguiram aumentar sua taxa de conversão.

Vale ressaltar que cada empresa é única e o que funciona para uma pode não funcionar para outra.

Portanto, é importante fazer testes e experimentar diferentes estratégias para descobrir o que funciona melhor para o seu negócio.

Qual é a taxa de conversão média de cada segmento do e-commerce?

A taxa de conversão média varia bastante conforme o setor do comércio eletrônico, tamanho e tipo de negócio, além de outros fatores.

É apropriado entender quais são as médias de conversão para cada segmento do e-commerce para poder comparar e avaliar se o seu negócio está performando bem em relação aos concorrentes.

De acordo com uma pesquisa da BigCommerce, os segmentos do e-commerce com as maiores taxas de conversão são:

  • Joias e acessórios (1,3%);
  • Alimentação e bebidas (1,2%);
  • Produtos para animais de estimação (1,2%);
  • Presentes e artigos personalizados (1,1%).

Já os segmentos com as menores taxas de conversão são: eletrônicos (0,9%), vestuário e moda (0,8%), esportes e recreação (0,7%) e beleza e cosméticos (0,6%).

No entanto, vale destacar que essas são apenas médias e que cada negócio é único, com diferentes públicos-alvo, estratégias de marketing, oferta de produtos e preços, entre outros motivos que influenciam a taxa de conversão.

Por isso, é importante realizar testes A/B, acompanhar métricas e analisar o comportamento do consumidor para entender o que funciona melhor para o seu negócio.

Quais fatores influenciam a taxa de conversão de um e-commerce?

Para garantir que seu e-commerce tenha uma boa taxa de conversão, é necessário prestar atenção em alguns fatores que influenciam diretamente a experiência do usuário em seu site.

Design responsivo

design responsivo é um desses aspectos que impactam a métrica, pois permite que o site seja visualizado em diferentes dispositivos, como smartphones e tablets, sem comprometer a qualidade da navegação.

É interessante, aqui, analisar a ideia de Mobile First.

Experiência do usuário

experiência do usuário inclui a facilidade de navegação no site e a disposição das informações, produtos e serviços oferecidos.

Fluxo de compras

O fluxo de compras também é um fator crítico, pois deve ser simples e intuitivo, facilitando a finalização da compra pelo cliente.

Landing page

landing page, por sua vez, deve ser clara e objetiva, destacando os produtos e ofertas de forma atrativa e convincente.

Tempo de carregamento do site

tempo de carregamento do site é algo fundamental, já que o usuário tende a abandonar o site caso ele demore para carregar.

Portanto, é obrigatório manter o site leve e otimizado para garantir uma boa velocidade de carregamento.

Botões de chamada

Além disso, os botões de chamada, como “compre agora” e “saiba mais”, devem estar bem visíveis e posicionados estrategicamente na página, incentivando o usuário a tomar a ação desejada.

Com tudo isso, é possível otimizar a taxa de conversão do seu e-commerce e aumentar as chances de conversão de visitantes em clientes fiéis.

3 erros comuns que podem prejudicar a taxa de conversão e como evitá-los

Erros podem acontecer em qualquer negócio, inclusive em um e-commerce.

Por essa razão, é importante conhecer os principais erros que podem prejudicar a taxa de conversão do seu site e evitar que eles aconteçam.

Obviamente, como você acabou de conferir fatores consideráveis que influenciam nessa métrica em um e-commerce, deixar de investir naqueles elementos, como no tempo de carregamento do site ou na experiência do usuário, seria um grande equívoco.

Há, porém, outros problemas que merecem ser contornados.

A seguir, apresentamos (mais) três erros comuns e como evitá-los.

1. Falta de transparência

Quando um e-commerce não é transparente com seus clientes, isso pode levar a uma perda de confiança e, consequentemente, uma queda na taxa de conversão.

É importante fornecer informações claras e precisas sobre os produtos, preços, frete e prazos de entrega.

Além disso, é essencial ter uma política de devolução bem definida e fácil de encontrar no site.

2. Má qualidade das imagens

As imagens dos produtos são fundamentais para atrair a atenção do cliente e convencê-lo a realizar a compra.

Se as imagens estiverem em baixa resolução, mal iluminadas ou não mostrarem detalhes significativos do produto, isso pode afastar os clientes e diminuir a taxa de conversão.

É válido investir em imagens de alta qualidade e mostrar o produto de vários ângulos.

3. Falta de personalização

Cada cliente é único e espera ser tratado de forma personalizada.

Se um e-commerce não traz opções de personalização, como recomendações de produtos com base no histórico de compras ou sugestões de itens complementares, isso pode levar à perda de vendas.

É importante viabilizar uma experiência personalizada para cada cliente, aumentando assim as chances de conversão.

Ferramentas e recursos úteis para melhorar a taxa de conversão do seu negócio

A melhoria da taxa de conversão de um negócio online é elementar para aumentar as vendas e o lucro. Felizmente, existem diversas ferramentas e recursos disponíveis que podem ajudar nesse processo.

A seguir, apresentamos algumas das principais opções:

Google Analytics

Google Analytics é um dos mecanismos mais relevantes para monitorar o desempenho do site e identificar onde os usuários estão abandonando o processo de compra.

Com ele, é possível obter insights valiosos sobre o comportamento dos clientes, como a taxa de rejeição, tempo de permanência no site e a origem do tráfego.

Hotjar

Essa ferramenta permite analisar o comportamento do usuário por meio de mapas de calor, gravações de sessões e feedback do cliente.

Com ela, é possível entender como os usuários interagem com o site e quais as suas dificuldades, possibilitando a criação de soluções para melhorar a experiência do usuário.

OptimizePress

É um sistema que permite a criação de landing pages de alta conversão de maneira simples e rápida. Com o OptimizePress, é possível testar diferentes variações de uma página e analisar qual apresenta melhor desempenho.

Crazy Egg

Proporciona recursos semelhantes ao Hotjar, como mapas de calor e gravações de sessões, mas com recursos adicionais, como testes A/B e relatórios detalhados.

Crazy Egg é útil para identificar problemas específicos na experiência do usuário e testar diferentes soluções para resolvê-los.

Google Optimize

É um aplicativo de teste A/B gratuito oferecido pelo Google.

Com sua ajuda, é possível testar diferentes variações de uma página e avaliar qual delas gera mais conversões.

Google Optimize também permite a criação de testes personalizados para diferentes segmentos de público.

Essas são apenas algumas das muitas opções e recursos disponíveis para melhorar a taxa de conversão de um negócio online!

É interessante lembrar que a escolha da ferramenta adequada depende das necessidades específicas do negócio e dos objetivos a serem alcançados.

Entendeu por que a taxa de conversão é um indicador fundamental para o sucesso do seu negócio online?

Com uma taxa alta, você pode aumentar suas vendas e conquistar mais clientes.

No entanto, é preciso estar atento aos diversos fatores que podem influenciar esse índice, desde a experiência do usuário até o tempo de carregamento do site.

Lembre-se sempre de testar diferentes abordagens e estar em constante evolução para se destacar no mercado e garantir o sucesso do seu e-commerce!

Agora que você já sabe como melhorar a taxa de conversão de um e-commerce, que tal aprender mais sobre como deixar seu site mais seguro?

Confira nosso vídeo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira os Planos Tray e abra sua loja virtual
Plano 1
52
Economize R$144
Economize R$144
Economize R$84
R$ 624 por ano
Economize R$144
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 2
94
Economize R$60
R$ 1.128 por ano
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 3
236
Economize R$156
R$ 2.832 por ano
em até 6x sem juros
Plano 4
359
Economize R$480
R$ 4.308 por ano
em até 6x sem juros

Plano 1

59

Melhor custo benefício

Plano 2

99

Melhor custo benefício

Melhor custo benefício

Melhor custo benefício

Plano 3

249

Plano 4

399

Assine e receba novos materiais

⚠ Não se preocupe, você não receberá spams. Além disso, seus dados estão seguros, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados.

Fique por dentro

Parabéns por se inscrever

Quer receber conteúdos e materiais em primeira mão? Acesse nosso grupo gratuitamente!