Pesquisar
Close this search box.

Como importar produtos: confira o passo a passo e melhores dicas para encontrar fornecedores confiáveis

A importação de produtos para revenda fortalece o mercado interno e o deixa mais competitivo. Se você deseja importar produtos siga o passo a passo: escolha os produtos que deseja importar, confira e providencie a documentação necessária e selecione fornecedores de qualidade. Após alinhar preços e prazos com os fornecedores, defina como será a logística de entrega e quando chegar comece a vender.
como importar produtos

Principais tópicos

Importar produtos para revender no Brasil tem sido uma estratégia-chave para empreendedores com uma visão de futuro aguçada.

Em meio a uma economia globalizada e dinâmica, o país, que sempre se destacou por sua rica diversidade cultural e econômica, tem explorado oportunidades além das suas fronteiras.

importação de produtos para revenda não só fortalece o mercado interno com itens inovadores e exclusivos, mas também oferece a possibilidade de obter mercadorias de qualidade a preços competitivos.

Esta prática tem se revelado não apenas uma tendência do e-commerce mas uma necessidade, proporcionando vantagens tanto para quem vende quanto para quem consome.

Ao adotar essa estratégia, e enxergar a oportunidade de fechar negócios lucrativos, a empresa não só amplia o seu portfólio de ofertas.

Mas também atende às crescentes demandas de consumidores ávidos por novidades e variedade.

Por que importar produtos para revender?

A resposta para essa pergunta é multifacetada e está profundamente enraizada na busca pelo diferencial competitivo.

No mundo dos negócios, estar à frente é mais do que apenas uma vantagem, é uma necessidade.

Importar produtos para revenda não é apenas uma tendência, mas uma estratégia adotada por diversos empreendedores para elevar seus negócios a patamares mais altos.

Maior diversificação de portfólio:

A importação permite que negócios ampliem seus horizontes, oferecendo ao mercado brasileiro um mix de produtos que, muitas vezes, não são encontrados facilmente em território nacional.

Isso pode ser um grande diferencial para quem tem uma loja virtual ou vende nos marketplaces.

Esta diversificação pode ser o atrativo que falta para captar a atenção de uma clientela ávida por novidades.

Promove qualidade e exclusividade:

 Importar produtos de outras regiões do mundo pode assegurar uma qualidade diferenciada ou mesmo características únicas.

Esta exclusividade, por si só, é uma estratégia de marketing poderosa, pois cria um apelo de raridade e valor agregado ao produto.

Possibilita uma margem de lucro atrativa: 

A capacidade de adquirir produtos a preços mais competitivos em mercados estrangeiros pode resultar em uma margem de lucro significativamente mais ampla.

Isso acontece porque, em muitos casos, adquirir produtos direto da fonte ou de mercados produtores pode ajudar na redução de custos.

Atende nichos específicos: 

Certos nichos de mercado têm demandas específicas que só podem ser satisfeitas por meio da importação.

Por exemplo, um aficionado por tecnologia pode estar em busca da última novidade lançada em outro país.

Importar esse produto pode significar atender a um público que está disposto a pagar um valor premium por ter acesso antecipado a ele.

Propicia adaptação às tendências de mercado: 

Em um mundo em constante mudança, adaptar-se rapidamente às tendências pode ser o divisor entre um negócio estagnado e um negócio próspero.

Importar permite que empreendedores se adaptem rapidamente às mudanças de demanda e ofereçam ao mercado o que ele deseja no momento certo.

Reduz a dependência de fornecedores locais: 

Ao diversificar a origem dos produtos, os negócios podem reduzir sua dependência de fornecedores locais, garantindo mais estabilidade e menores riscos de desabastecimento.

Em síntese, importar produtos para revenda é uma decisão estratégica que, quando bem planejada e executada, pode ser o motor propulsor do crescimento e expansão de um negócio.

Não é apenas sobre ter mais opções, mas sim sobre construir uma proposta de valor sólida e atrativa para os clientes.

Como importar produtos para revenda: passo a passo

Dentro do vasto universo do comércio, a importação de produtos para revenda se destaca como uma área repleta de oportunidades.

Entretanto, como qualquer empreitada, é preciso navegar com conhecimento e estratégia para garantir sucesso e lucratividade.

Ao se decidir por entrar no campo da importação, é necessário seguir certos passos que não apenas garantem a legalidade da operação, mas também a viabilidade econômica.

Vejamos cada etapa desse processo detalhadamente:

1. Escolha do Produto: 

Antes de tudo, é essencial entender o que o seu público-alvo procura.

Realize uma pesquisa detalhada sobre tendências de mercado e identifique os produtos que estão em alta demanda.

Utilize ferramentas de análise de mercado e atente-se para o comportamento do consumidor para identificar oportunidades emergentes.

2. Documentação: 

A importação não se resume apenas à compra de produtos de outros países.

É fundamental estar em dia com a legislação e cumprir todos os procedimentos legais.

Informe-se sobre as licenças de importação necessárias, os trâmites junto aos órgãos reguladores e todas as regulamentações aduaneiras que precisam ser atendidas.

3. Impostos: 

A carga tributária é uma realidade incontornável no cenário brasileiro.

Familiarize-se com todos os tributos relacionados à importação. Entender e calcular os custos com impostos é vital para definir o preço final do produto e assegurar a rentabilidade do negócio.

4. Seleção do Fornecedor: 

O sucesso de sua operação de importação dependerá significativamente da qualidade dos produtos adquiridos.

Portanto, é essencial buscar fornecedores confiáveis que tenham boa reputação no mercado e ofereçam produtos de qualidade comprovada.

5. Negociação: 

Com o fornecedor escolhido, entra em cena a habilidade de negociação. Defina preços, acerte prazos e estabeleça as condições de entrega.

Uma negociação bem-sucedida pode resultar em melhores margens de lucro e parcerias duradouras.

6. Logística: 

O transporte dos produtos é uma etapa crítica. Escolha modalidades de transporte que se adequem às suas necessidades e orçamento.

Considere prazos, custos e confiabilidade ao selecionar suas parcerias para uma logística eficiente.

7. Venda: 

Com os produtos em mãos, é hora de preparar-se para a revenda.

Invista na apresentação dos produtos, estude as melhores estratégias de marketing para promovê-los e certifique-se de que sua plataforma de vendas ofereça uma experiência de compra positiva para seus clientes.

importação de produtos para revenda é um processo que, apesar de complexo, pode ser extremamente recompensador para quem se dedica a cada etapa com atenção e estratégia.

O equilíbrio entre planejamento e execução é a chave para transformar a importação em uma operação lucrativa e de sucesso.

Mergulhe nesse universo com determinação, informação e visão de futuro, e colha os frutos de um negócio bem estruturado.

Na hora de encontrar fornecedores importadores confiáveis:

O sucesso da importação para revenda não depende apenas do que você vende, mas de onde e como você adquire.

A escolha de um bom fornecedor é mais que uma etapa do processo: é a espinha dorsal de toda a operação.

E, nesse cenário, a confiabilidade do fornecedor se torna um diferencial de peso.

Mas como encontrar fornecedores verdadeiramente confiáveis?

Vamos explorar os passos para essa seleção criteriosa:

Verifique a autenticidade do fornecedor

No cenário digital, onde muitos negócios começam, é fácil para empresas mal-intencionadas criar uma imagem confiável.

Daí a importância de verificar a autenticidade do fornecedor.

Pesquise sobre sua história, verifique sua presença em feiras e eventos do setor e procure evidências físicas de sua operação, como endereço e instalações.

Cheque as avaliações de outros clientes

Nada fala mais sobre a confiabilidade de um fornecedor do que a experiência de outros clientes.

Procure avaliações e testemunhos em sites especializados, fóruns de discussão e redes sociais.

Atenção especial para avaliações detalhadas que destacam pontos positivos e negativos da relação com o fornecedor.

Peça a certificações e regulamentações dos fornecedores

Confiar em palavras não é suficiente.

É essencial que os fornecedores demonstrem comprometimento com normas e regulamentações do setor.

Verifique se o fornecedor possui certificações relevantes, se respeita normas internacionais de qualidade e se cumpre regulamentações ambientais, trabalhistas e outras que possam impactar na confiabilidade dos produtos.

Tenha uma comunicação transparente

Uma boa comunicação é o alicerce de qualquer relação comercial.

Fornecedores confiáveis são transparentes, acessíveis e prontos para responder quaisquer dúvidas. Como um fornecedor se comunica pode ser um indicativo valioso de sua confiabilidade.

Confira o histórico de entregas

Um fornecedor pode ter produtos de excelente qualidade, mas se não cumprir o prazo de entrega, pode comprometer todo o seu processo de revenda.

Pesquise sobre o histórico de entregas do fornecedor, verificando se costuma entregar no prazo e em boas condições.

Certifique-se que exista flexibilidade nas negociações

Fornecedores que mostram flexibilidade nas negociações, sejam elas de preço, quantidade ou prazos, demonstram uma postura de parceria e comprometimento com o sucesso mútuo.

Esta é uma característica valiosa e indicativa de confiabilidade.

A seleção cuidadosa de fornecedores é, sem dúvida, um dos pilares para o sucesso na importação para revenda.

Ao dedicar tempo e atenção a essa etapa, você estará não apenas garantindo a qualidade dos produtos que revende, mas construindo alicerces sólidos para o crescimento contínuo e sustentável de seu negócio.

Encontre parcerias que compartilhem de sua visão e valores, e juntos, trilhem um caminho de sucesso no mercado de importação.

Dicas para encontrar fornecedores importadores confiáveis no mercado brasileiro

Em um cenário econômico onde a busca por diversificação de produtos e inovação é constante, encontrar fornecedores importadores confiáveis torna-se uma estratégia crucial para o sucesso de qualquer negócio.

Para quem deseja se destacar, é imperativo ter parcerias comerciais que não apenas forneçam produtos de qualidade, mas também ofereçam um atendimento de excelência e cumpram prazos estabelecidos.

Aqui está um guia para lhe ajudar a fazer escolhas bem informadas:

Alibaba

Esta plataforma de e-commerce é uma verdadeira vitrine global.

Ao navegar pelo Alibaba, é possível encontrar uma ampla gama de produtos, desde itens de decoração a maquinário industrial.

Muitos fornecedores chineses confiáveis escolhem este portal para exibir seus produtos.

Contudo, como em qualquer plataforma de grande escala, a cautela é necessária.

Antes de estabelecer qualquer acordo comercial, verifique detalhadamente as credenciais dos vendedores, confira as avaliações de outros compradores e considere realizar pedidos de amostra.

AliExpress

Embora o foco do AliExpress seja nas vendas para compradores individuais, ele ainda é uma fonte rica para pessoas que buscam itens para revenda.

diversidade de fornecedores e produtos disponíveis permite uma vasta pesquisa de mercado em um único local.

Assim como no Alibaba, a leitura atenta das avaliações e a comunicação direta com os fornecedores são ações recomendadas.

Importadoras especializadas

Optar por empresas que se especializam em categorias específicas de produtos pode ser uma estratégia acertada.

Estas importadoras, por lidarem com nichos, tendem a ter um conhecimento profundo sobre os produtos que oferecem, garantindo assim uma escolha de qualidade.

Feiras de comércio

Nada substitui o contato pessoal.

Eventos como a Canton Fair, em Guangzhou, são palcos de inovações e lançamentos.

Além de conhecer produtos, é uma oportunidade ímpar para estabelecer relacionamentos diretos, negociar termos e até mesmo entender tendências de mercado.

Redes e associações comerciais

Conectar-se a organizações comerciais pode abrir portas inestimáveis.

Muitas vezes, estas redes já realizaram um filtro, reunindo fornecedores que respeitam padrões éticos e de qualidade.

Utilize-as para obter recomendações confiáveis e ampliar sua rede de contatos.

Pesquisa de mercado

Cada negócio tem suas especificidades.

Dedique tempo para entender o que seus clientes desejam e identifique fornecedores que se alinham a essas necessidades.

Uma pesquisa bem conduzida pode revelar joias raras no mercado.

Verificação de referências

Conhecimento é poder.

Ao considerar um fornecedor, busque feedback de outras empresas ou compradores que já tenham se relacionado com ele.

Esta etapa pode fornecer insights valiosos sobre a consistência e confiabilidade do fornecedor.

O processo de seleção de fornecedores é um dos pilares para o sucesso de qualquer negócio que dependa de importação.

Ao dedicar tempo e recursos para fazer escolhas informadas e bem-fundamentadas, você estará não apenas protegendo seu investimento, mas também assegurando um crescimento saudável e sustentável para seu empreendimento.

Precisão é a chave, questione, pesquise e, acima de tudo, seja flexível para aprender e adaptar-se.

O mercado é dinâmico, e quem souber buscar a informação e ter agilidade para colocá-la em prática estará sempre um passo à frente.

Como Negociar com Fornecedores Importadores

A habilidade de negociar com fornecedores internacionais é essencial para qualquer pessoa que deseje aprender como importar produtos para revender.

A negociação é uma dança delicada, que envolve não apenas preços, mas uma série de outros fatores.

Ao dominar esse processo, é possível obter as melhores condições para o seu negócio e garantir o sucesso a longo prazo.

Dica 1: Desenvolva Estratégias de Negociação

Negociar não é apenas sobre conseguir o menor preço.

É uma arte que envolve entender o que você quer, o que o fornecedor pode oferecer e como chegar a um ponto médio que beneficie ambas as partes.

Quando se trata de preços, é claro, essa é a preocupação primordial.

No entanto, é igualmente crucial discutir e definir formas de pagamento e prazos de entrega.

Às vezes, um prazo mais extenso com condições de pagamento mais favoráveis pode ser mais benéfico do que um desconto imediato.

Dica 2: Garanta a Qualidade

A negociação não deve comprometer a qualidade dos produtos.

Na verdade, parte do diálogo deve focar em garantir que o padrão desejado seja atendido.

Peça amostras, discuta especificações detalhadas e garanta que o fornecedor compreenda e atenda às suas expectativas de qualidade.

Um produto de menor custo, mas de qualidade inferior, pode acabar sendo mais caro no longo prazo devido a devoluções, experiência do cliente negativa ou necessidade de substituição.

Dica 3: Construa Relacionamentos Duradouros

Uma relação comercial sólida e de confiança pode valer seu peso em ouro.

Estabelecer uma comunicação clara e aberta com os fornecedores não apenas facilita negociações futuras, mas também ajuda a construir uma parceria onde ambas as partes estão interessadas no sucesso mútuo.

Prepare-se para ouvir, compreender as necessidades do fornecedor e encontrar soluções que funcionem para todos.

Com o tempo, essa relação pode levar a melhores condições de negociação, acesso a novos produtos e uma cooperação mais fluida.

Negociar com fornecedores importadores é um processo contínuo que vai além do preço.

É uma combinação de estratégia, garantia de qualidade e construção de relacionamentos.

Ao abordar a negociação com uma mentalidade aberta e focada, você se posiciona melhor para criar acordos vantajosos e estabelecer parcerias duradouras que beneficiarão seu negócio a longo prazo.

Dicas para escolher Fornecedores específicos para o Mercado Brasileiro

Enquanto plataformas como Alibaba e AliExpress são amplamente reconhecidas e utilizadas por diversas pessoas empreendedoras ao redor do mundo, o mercado brasileiro.

Com suas particularidades e demandas específicas, tem uma série de outros fornecedores que merecem destaque.

Para pessoas que desejam importar para o Brasil, não só é relevante considerar a variedade e qualidade dos produtos, mas também o entendimento destes fornecedores sobre as especificidades do mercado nacional, as regulamentações vigentes e as preferências do público consumidor brasileiro.

1. Atente-se a Diversidade de Produtos: 

Um bom fornecedor se destaca não apenas pela quantidade de itens oferecidos, mas também pela diversidade.

Ter acesso a um catálogo amplo e variado permite que o empreendedor atenda a uma gama mais extensa de clientes, adaptando-se às tendências e demandas emergentes, garantindo assim o sucesso das vendas.

2. Repare na qualidade garantida: 

Mais do que oferecer produtos, é vital garantir que eles atendam a padrões de qualidade.

experiência do usuário final depende diretamente da excelência dos produtos que são vendidos.

Portanto, fornecedores que possuem certificações de qualidade ou que são reconhecidos por sua excelência no mercado devem ser priorizados.

3. Cuide da confiabilidade e Credibilidade: 

No mercado de importação, a confiabilidade do fornecedor é essencial.

Atrasos, falhas na comunicação ou na entrega podem gerar prejuízos significativos.

Por isso, optar por fornecedores com uma reputação sólida e histórico comprovado de eficiência é uma estratégia inteligente.

Em suma, além do Alibaba e do Aliexpress, existem inúmeros fornecedores que se especializam e se destacam no mercado brasileiro.

Escolher colaborar com eles pode ser um diferencial competitivo, potencializando as chances de sucesso do seu empreendimento.

Como sempre, a chave é realizar uma pesquisa detalhada, observar o feedback de clientes e, se possível, estabelecer comunicações diretas para entender melhor as propostas e valores de cada fornecedor.

Lembre-se de que, no mundo de mudanças constantes do e-commerce, a escolha criteriosa de fornecedores importadores representa mais do que apenas uma etapa do cadastro de produto; é o pilar para a construção de uma reputação sólida de todo o seu negócio.

A qualidade impecável e a confiabilidade inabalável dos produtos que você oferece são a chave para conquistar e manter a confiança de seus clientes.

E, em uma era em que a satisfação do cliente é vital, esses elementos servirão como diferenciadores no mercado competitivo.

Portanto, não subestime o poder de uma pesquisa aprofundada e meticulosa.

Seu negócio e seus clientes agradecerão.

Agora que você já conhece as nossas dicas de ouro sobre como importar produtos para revender comece o seu planejamento e faça seu negócio decolar.

Conteúdos que podem te interessar:

 ➞ Produtos para revenda: 25 itens lucrativos para revender;
Como fazer a gestão de estoque de maneira eficiente;
O que é a curva ABC e como utilizar na gestão do estoque.

Adquira sua Loja Online em Minutos!

Vamos ajudar você a abrir sua loja virtual na Tray agora mesmo.

Preencha as informações abaixo e te ligamos em até 1 minuto.

Em 1 minuto mesmo! Preencha aqui que nós ligamos para você

A Tray tem tudo que você precisa para vender, gerenciar e escalar seu negócio!

Abra sua loja na Tray

Você já é um cliente Tray?

Não perca os nossos mais recentes lançamentos e mantenha-se atualizado!

Confira os Planos Tray e abra sua loja virtual

Mensal
Anual

Plano 1

52
Economize R$84
R$ 624 por ano
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 2

94
Economize R$60
R$ 1.128 por ano
em até 6x sem juros

Plano 3

236
Economize R$156
R$ 2.832 por ano
em até 6x sem juros

Plano 4

359
Economize R$480
R$ 4.308 por ano
em até 6x sem juros

Assine e receba novos materiais

⚠ Não se preocupe, você não receberá spams. Além disso, seus dados estão seguros, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados.

Fique por dentro

Parabéns por se inscrever

Quer receber conteúdos e materiais em primeira mão? Acesse nosso grupo gratuitamente!