Pesquisar
Close this search box.

Como encontrar fornecedores: um guia para encontrar parceiros de negócios, checklist + Lista

As melhores maneiras de encontrar fornecedores para um negócio é fazer pesquisas online, participar de feiras e eventos do ramo e fazer networking com fornecedores em potencial. Outra opção para encontrar fornecedores é usar as redes sociais e analisar a concorrência para encontrar fornecedores de confiança.
a imagem mostra uma mulher falando no celular e trabalhando na frente de um notebook. Provavelmente ela está buscando fornecedores.

Principais tópicos

Saber como encontrar fornecedores confiáveis é uma tarefa crucial para qualquer empreendedor ou empresa que busca sucesso no mercado.

Com o avanço da tecnologia e a facilidade de acesso à internet, o universo virtual se tornou um ambiente propício para encontrar opções variadas de parceiros, produtos e serviços.

Portanto, se o seu e-commerce quer se diferenciar da concorrência, deve ser capaz não só de entregar produtos no prazo e de qualidade.

É preciso que as suas parcerias ofereçam vantagens competitivas tanto para a empresa quanto para o cliente final. Sendo assim, você deve conferir uma série de requisitos que contribuam para isso.

Neste guia detalhado, abordaremos as principais estratégias e dicas para ajudá-lo a entender como encontrar fornecedores online para o seu negócio.

Como encontrar fornecedores para o seu negócio

A internet é uma ferramenta poderosíssima para encontrar fornecedores que façam sentido para o seu negócio, ainda mais se tratando de um e-commerce.

Utilize os recursos que apresentaremos abaixo para que você possa fazer pesquisas mais bem embasadas.

Faça pesquisas online

Utilize mecanismos de busca, fóruns e plataformas de comércio eletrônico para encontrar empresas que atendam ao seu nicho de mercado.

Realize pesquisas específicas usando palavras-chave relacionadas ao seu segmento e aos produtos que deseja vender.

Anote os fornecedores que parecem promissores e inicie uma lista de potenciais parceiros.

Participe de feiras e eventos

Feiras e eventos do setor são ótimas oportunidades para conhecer fornecedores pessoalmente, estabelecer contatos e comparar opções.

Esses eventos oferecem um ambiente propício para obter informações sobre novos produtos, condições de fornecimento e preços.

A participação em feiras e eventos pode proporcionar insights valiosos e facilitar a tomada de decisão ao escolher fornecedores para o seu e-commerce.

Utilize redes sociais e grupos específicos

As redes sociais são excelentes canais para encontrar fornecedores, especialmente em grupos e comunidades específicas do setor.

Participe de grupos relacionados ao seu segmento de mercado e acompanhe as discussões para identificar fornecedores recomendados e bem avaliados pelos membros.

Esses nichos podem ser uma fonte valiosa de informações e experiências de outros empreendedores.

Ao utilizar a internet para encontrar fornecedores potenciais, é fundamental realizar uma pesquisa abrangente e selecionar os que melhor atendem às necessidades do seu e-commerce.

Não se limite apenas a fornecedores conhecidos ou grandes empresas, pois fornecedores menores e menos conhecidos podem oferecer produtos de alta qualidade e condições mais favoráveis.

Descubra quais são os parceiros da concorrência

A concorrência pode ser uma fonte valiosa de informações para encontrar fornecedores confiáveis e de qualidade. Pesquise e descubra quais são os parceiros de fornecimento dos seus concorrentes.
Ao analisar as marcas e os produtos oferecidos pela concorrência, você pode identificar fornecedores que já foram testados e aprovados no mercado.

Faça uma análise detalhada da concorrência, visitando os sites de e-commerces similares ao seu e verificando os produtos que eles oferecem.

Procure identificar padrões e tendências em relação aos fornecedores escolhidos por seus concorrentes.

Considere entrar em contato com alguns concorrentes para obter mais informações sobre a experiência de trabalho com determinados fornecedores e saber se estão satisfeitos com a qualidade do atendimento e dos produtos.

Saiba quais são os tipos de fornecedores

Antes de iniciar sua busca por fornecedores, é importante compreender os diferentes tipos disponíveis no mercado.

Cada categoria tem características e vantagens distintas que podem impactar diretamente o funcionamento do seu e-commerce.

Conheça os principais tipos de fornecedores com a lista que preparamos a seguir.

Fornecedor monopolista

O fornecedor monopolista é aquele que possui um controle significativo ou exclusivo sobre a oferta de um produto, ou serviço em um mercado específico, sem enfrentar concorrência relevante.

Essa posição dominante pode ser resultado de diversos fatores, como detenção de patentes, tecnologias exclusivas ou mesmo aquisição de concorrentes.

Para o e-commerce, a presença de fornecedores monopolistas pode representar um desafio significativo.

Com poucas ou nenhuma alternativa de fornecimento, o e-commerce fica em posição desvantajosa nas negociações, sujeito a preços elevados e condições desfavoráveis.

Nesse cenário, é fundamental buscar alternativas estratégicas para contornar a situação, como a diversificação de fornecedores, o desenvolvimento interno de tecnologias e a busca por parcerias inovadoras.

Fornecedor especial

O fornecedor especial é aquele que se destaca por oferecer produtos ou serviços altamente diferenciados e exclusivos em relação à concorrência.

Esses fornecedores podem apresentar características únicas, como alta qualidade, tecnologia avançada, inovação ou a oferta de marcas exclusivas.

Para o e-commerce, trabalhar com fornecedores especiais pode ser uma vantagem competitiva importante, principalmente em sazonalidades.

Produtos exclusivos ou diferenciados são altamente atrativos para os clientes, criando um diferencial para a loja online.

Além disso, fornecedores especializados geralmente têm uma reputação consolidada no mercado, o que pode transmitir mais confiança aos consumidores.

No entanto, a parceria com fornecedores especiais pode ser mais complexa.

Esses parceiros tendem a ser seletivos na escolha dos seus clientes e podem demandar um nível mais elevado de comprometimento por parte do e-commerce.

Além disso, produtos exclusivos frequentemente têm custos mais altos, o que pode afetar a precificação dos itens vendidos.

Uma estratégia importante ao trabalhar com fornecedores especiais é estabelecer uma relação de parceria sólida e duradoura.

Demonstrar comprometimento, compreender as necessidades e expectativas do fornecedor e alinhar as estratégias de ambas as partes são fatores-chave para otimizar essa parceria e maximizar os benefícios mútuos.

Fornecedor habitual

O fornecedor habitual é aquele com o qual o e-commerce mantém uma relação de longo prazo e frequente.

Essa parceria é caracterizada pela compra regular e contínua de produtos ou serviços desse parceiro específico.

Essa relação de confiança mútua traz diversos benefícios para o e-commerce.

O conhecimento prévio do fornecedor e a experiência com seus produtos ou serviços agilizam o processo de compra e negociação.

Além disso, fornecedores habituais costumam oferecer prazos de pagamento mais flexíveis, condições comerciais vantajosas e entregas mais rápidas.

A estabilidade e a confiabilidade proporcionadas pelos fornecedores habituais são fundamentais para o bom funcionamento do e-commerce.

A capacidade de contar com um fornecimento constante de produtos de qualidade garante a satisfação dos clientes e a reputação positiva do negócio.

No entanto, é importante evitar a dependência excessiva de um único fornecedor habitual.

Diversificar as fontes de fornecimento é fundamental para evitar possíveis impactos negativos caso ocorra algum problema com o fornecedor habitual, como atrasos na entrega ou problemas de qualidade.

Checklist com 16 dicas para conferir a segurança e a garantia dos fornecedores

Garantir a segurança e a garantia dos fornecedores é essencial para evitar problemas e assegurar a qualidade dos produtos que você vende em seu e-commerce.

Ao avaliar fornecedores potenciais, leve em consideração as 16 dicas que separamos a seguir.

1. Entre em contato e veja como será o atendimento

O primeiro contato com o fornecedor é uma oportunidade para avaliar o atendimento ao cliente. Observe a rapidez, a disponibilidade e a clareza nas respostas fornecidas.

O fornecedor deve ser acessível e estar disposto a responder todas as suas dúvidas e solicitações prontamente.

2. Verifique o preço diferenciado

Compare os preços oferecidos pelos fornecedores em sua lista de potenciais parceiros.

No entanto, não se deixe levar apenas pelo preço mais baixo, pois a qualidade e a confiabilidade do fornecedor também são cruciais.

Considere a relação custo-benefício e busque entender os motivos por trás de valores muito baixos ou muito altos.

3. Confira a qualidade dos produtos

Solicite amostras dos produtos para avaliar a qualidade e verificar se atendem às expectativas do seu público-alvo.

Certifique-se de que a qualidade dos produtos corresponda às necessidades dos seus clientes: confira a embalagem, os materiais utilizados e a apresentação geral dos produtos.

4. Se atente as condições de pagamento

Verifique as formas de pagamento oferecidas pelo fornecedor, bem como suas políticas de prazo e condições.

Certifique-se de que essas políticas se alinhem com a sua realidade financeira e evite fornecedores que exijam condições que possam comprometer sua saúde financeira.

5. Localização

A localização do fornecedor pode impactar os prazos de entrega e os custos de envio.

Optar por fornecedores mais próximos pode resultar em prazos de entrega mais curtos e redução de custos com frete.

No entanto, se a qualidade for excepcional e os prazos de entrega estiverem dentro do aceitável, a localização pode não ser um fator decisivo.

6. Prazos de entrega

Certifique-se de que o fornecedor tem prazos de entrega compatíveis com as expectativas dos seus clientes.

A entrega pontual é essencial para a satisfação dos consumidores e a reputação do seu e-commerce.

Pergunte ao fornecedor sobre suas políticas de prazo de entrega e como ele lida com situações de atraso.

7. Marcas trabalhadas

Verifique quais são as marcas que o fornecedor já atendeu e avalie a reputação dessas marcas no mercado.

Trabalhar com fornecedores que atendam a marcas respeitáveis pode garantir a qualidade dos produtos e demonstrar a confiabilidade do fornecedor.

8. Histórico da empresa, estimativas e feedbacks

Pesquise sobre o histórico da empresa fornecedora, sua reputação no mercado e busque por feedbacks de outros clientes que já trabalharam com esse fornecedor.

Avalie a experiência dos demais negócios que tiveram parcerias com o fornecedor e procure por informações em fóruns, redes sociais e sites especializados.

9. Atendimento oferecido durante e após a negociação

Observe como o fornecedor se comporta durante o processo de negociação e se ele oferece suporte após a conclusão do acordo.

Ter um fornecedor disponível e engajado é importante para garantir o sucesso da parceria.

O suporte ao cliente e o atendimento pós-venda são aspectos fundamentais para a construção de uma relação sólida e duradoura com o fornecedor.

10. Leia atentamente o termos contratuais

Certifique-se de que todos os termos do acordo estejam bem especificados e documentados em um contrato, pois um documento claro e abrangente é essencial para proteger ambas as partes e evitar mal-entendidos futuros.

Se necessário, consulte um advogado especializado em negócios e comércio eletrônico para revisar o contrato e garantir que todos os aspectos relevantes estejam incluídos.

11. Confira a capacidade produtiva e a disponibilidade

Verifique se o fornecedor tem a capacidade produtiva necessária para atender à demanda do seu e-commerce e se ele está disponível para novas parcerias.

A capacidade produtiva adequada é fundamental para garantir o abastecimento contínuo dos produtos e evitar atrasos.

12. Visite o seu fornecedor

Se possível, faça uma visita pessoal ao fornecedor para conhecer suas instalações, a forma como os produtos são produzidos e armazenados.

Essa visita permitirá que você tenha uma visão mais abrangente da empresa e das suas operações.

Ao visitar o fornecedor, você pode verificar a qualidade do ambiente de produção e as condições de armazenamento dos produtos, o que pode influenciar diretamente a qualidade dos itens entregues ao seu e-commerce.

13. Escolha mais de um fornecedor

Ter mais de um fornecedor para produtos similares ou complementares pode garantir a disponibilidade de produtos e evitar problemas em caso de indisponibilidade.

Além disso, contar com múltiplos fornecedores pode permitir que você compare preços e condições para obter o melhor negócio.

Diversificar suas fontes de fornecimento pode reduzir os riscos associados à dependência excessiva de um único parceiro.

14. Atente para os benefícios dos dois lados

Ao negociar com fornecedores, busque estabelecer uma relação mutuamente benéfica, mostrando como a parceria pode ser vantajosa para ambos.

Destaque as oportunidades de crescimento e os benefícios que a parceria pode trazer para as duas partes e que você é um parceiro confiável e comprometido, capaz de oferecer uma ótima relação em que todos ganharão.

15. Conheça o pós-venda e a política interna

Entender como o fornecedor lida com o pós-venda e a política interna da empresa é fundamental para evitar problemas futuros.

Uma pós-venda eficiente garante a resolução rápida de problemas e a satisfação dos clientes.

Sendo assim, certifique-se de que o fornecedor oferece suporte e assistência, incluindo trocas, devoluções e resolução de problemas relacionados aos produtos.

16. Olhe a embalagem e etiqueta dos concorrentes

Analise a embalagem e a etiqueta dos produtos da concorrência para identificar os fornecedores por trás desses itens.

Essa pesquisa pode ajudar você a encontrar possíveis fornecedores que atendam aos padrões de qualidade desejados.

Preste atenção à apresentação dos produtos, bem como a qualidade dos materiais utilizados na embalagem.

Como fazer networking com fornecedores potenciais

O networking é uma ferramenta poderosa para conhecer fornecedores potenciais e estabelecer parcerias duradouras.

Veja como você pode usar o networking a seu favor na hora de fechar parcerias.

Mostre o valor agregado

Ao entrar em contato com fornecedores potenciais, mostre como a parceria pode agregar valor aos seus negócios e como a colaboração pode ser vantajosa para ambos.

Deixe claro o que você pode oferecer como e-commerce e como essa relação pode ajudá-los a expandir sua presença no mercado.

Seja claro e específico sobre os benefícios que a outra parte terá ao trabalhar com você.

Seja transparente

Seja honesto e transparente sobre suas expectativas, necessidades e limitações.

A comunicação clara é fundamental para construir uma relação de confiança com os fornecedores.

Explique o que você busca em uma parceria e quais são seus critérios para selecionar fornecedores.

Mostre os ganhos com a parceria

Destaque os benefícios que a parceria pode trazer para o fornecedor, como aumento de vendas, visibilidade de marca ou acesso a novos mercados.

Mostre como eles podem crescer junto de você e os ganhos que terão com essa parceria.

Mostre que você é um cliente promissor e que a parceria será benéfica para ambos.

Esteja atento para a homologação de fornecedores

A homologação de fornecedores é um processo de avaliação e qualificação antes de estabelecer uma parceria.

Embora possa ser um processo burocrático, a homologação pode trazer benefícios significativos para o seu negócio de e-commerce.

Ao avaliar criteriosamente os fornecedores, você reduz os riscos de parcerias inadequadas e garante que os profissionais escolhidos atendam aos padrões de qualidade e ética desejados.

Essa etapa pode envolver a análise de documentos, certificados de qualidade, capacidade produtiva, histórico de atendimento a outros clientes e a realização de visitas para verificar as instalações e o processo produtivo.

Embora seja um processo trabalhoso, a homologação pode garantir que você esteja trabalhando com fornecedores confiáveis e comprometidos com a excelência.

Avalie sua necessidade antes de partir para a prática.

Dicas de negociação com fornecedores 

Faça um planejamento

Para qualquer tipo de negociação é primordial ter em mente aonde se quer chegar.

Sendo assim, avalie o que exatamente sua empresa precisa, quantas unidades etc.

Ter uma visão mais analítica das necessidades da loja ao observar e anotar, durante alguns meses, detalhes como:

  • quantidade de itens vendidos para cada tipo de produto;
  • tempo que leva para o estoque desse produto chegar a zero;

A partir disso, o gestor pode traçar estratégias, encomendando a quantidade adequada de itens com bons descontos, mas sem correr o risco que se deteriorem no estoque.

Não se deixe levar pela emoção

Na hora da negociação com fornecedores, tente ter uma postura mais racional, evitando se levar pelo emocional. É importante pensar, primeiro, nos benefícios que tal acordo traria à loja.

Essa dica é importante porque, muitas vezes, o gestor tem uma relação mais íntima com algum tipo de fornecedor, o que dificulta uma conduta mais assertiva.

Ainda que pareça clichê, a expressão “amigos, amigos, negócios à parte” resume o que essa dica significa.

Caso perceba que não será possível conseguir aquilo que seja favorável à empresa, talvez essa relação não seja produtiva aqui.

Tenha um plano B

É importante contar com um fornecedor de confiança, que tenha produtos bons e consiga entregar a mercadoria no tempo programado.

No entanto, imprevistos acontecem e, mesmo que a pessoa seja honesta, pode acontecer de ela não conseguir seguir com o combinado.

Por isso, um gestor precavido deve ter sempre um plano B.

Isso quer dizer ter contato com outros fornecedores que também sejam confiáveis para suprir uma demanda inesperada.

Para se organizar quanto a isso, tenha listas.

Coloque os bons fornecedores e suas classificações quanto à qualidade da mercadoria e prazo de entrega.

Adicione todos os tipos de produtos e o nome de cada um. Isso deixará mais fácil o processo de busca.

Construa um relacionamento com os fornecedores

Não são só os clientes que têm de ser fidelizados.

Construir uma relação assim com os fornecedores confere benefícios mútuos.

Quando se tem confiança dos dois lados e quando as demandas são constantes, é possível trabalhar com mais descontos, por exemplo.

O que o lojista tem de buscar é uma relação ganha-ganha.

Unir interesses como prazo de entrega e quantidade encomendada é uma maneira de fazer isso.

Mas como conseguir sucesso na relação?

Uma boa forma é combinar reuniões periódicas, a fim de aumentar os laços e deixar o outro a par de algumas estratégias.

Dar feedbacks pode, ainda, ajudar os fornecedores a desenvolver melhorias e construir mais confiança no relacionamento.

Não force acordos

A negociação com fornecedores tem de ser feita com paciência.

Caso contrário, o lojista passa uma imagem de que está desesperado para adquirir os insumos e que aceita qualquer condição por eles.

Ainda que a pressa seja realidade, é importante ter cuidado para não cair em acordos que sejam prejudiciais ao desempenho da loja.

Seguir a primeira dica dada neste tópico já é um passo para não cair nessa armadilha, já que o gestor consegue mais tempo para se planejar.

Saiba que tão importante quanto vender bem é fazer aquisições eficientes.

O lucro final das vendas depende de quão proveitosa foi a compra do insumo.

Entenda o mercado

Dependendo do mercado ou nicho no qual o comércio está inserido, é possível que ele esteja passando por dificuldades, como situação econômica, altos impostos ou greve da categoria.

Isso tudo impacta na negociação, já que os próprios fornecedores têm dificuldade em repassar as mercadorias.

Assim, de acordo com o cenário, o lojista pode conseguir mais ou menos descontos.

Além disso, é importante saber como os concorrentes fazem suas negociações e que tipos de benefícios conseguem com elas.

Isso dará maior compreensão de como essas relações funcionam e qual proveito se pode tirar delas.

Ainda dentro desse ponto, é relevante entender que comércios B2B e B2C têm necessidades diferentes e, por isso, os acordos seguem suas peculiaridades.

Programe as compras recorrentes e as casadas

Existem alguns produtos que têm bastante liquidez, ou seja, saem com uma frequência grande do e-commerce.

Saber quais são eles, é fundamental para se programar e, também, deixar agendada a recompra com os fornecedores.

Essa continuidade na aquisição colabora para aumentar a fidelização e os descontos.

Tenha sempre em mente que em urgências o poder de negociação diminui e os riscos aumentam.

As compras casadas também são ótimas formas de negociação, já que adquirindo mais de um produto de um mesmo fornecedor facilita o barateamento do custo total.

Faça contratos

Outra dica fundamental é fazer contratos escritos.

Eles precisam especificar o que foi encomendado, a forma de pagamento, o valor total e as possíveis consequências para os atrasos de entrega e os produtos danificados.

Então, por exemplo, discriminar multas e penalidades que cada parte pode sofrer é uma forma de se proteger contra adversidades e irresponsabilidades.

Ter isso bem claro para as duas partes evita confrontos futuros e deixa todos mais seguros, sabendo quais são suas responsabilidades e seus direitos.

Tenha essas dicas em mente na negociação com fornecedores para que você consiga alinhar as estratégias e os objetivos da empresa.

Entenda que construir uma boa relação leva tempo e demanda bastante cuidado, mas é vital para que os acordos sejam vantajosos.

Lista de fornecedores que se destacam

Macro Distribuidora

Macro é uma fornecedora que está localizada em Cuiabá, no Mato Grosso, e é considerada uma das maiores distribuidoras de produtos no atacado das regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil.

Ela é uma das empresas mais conceituadas no mercado e comercializa itens de mais de 30 segmentos diferentes, como brinquedos e telefonia.

Bim Distribuidora

Bim é uma das principais fornecedoras de cosméticos, como perfumes e maquiagens.

Caso a sua loja virtual tenha esses itens para comercialização, vale a pena entrar em contato com a empresa para saber sobre as melhores ofertas.

Além dos cosméticos mencionados, ela também trabalha com produtos de marcas importadas para cabelo.

Golden Distribuidora

Golden está localizada em São Paulo e é uma das principais fornecedoras de produtos de informática de grandes marcas.

A distribuidora tem uma experiência de mais de 25 anos no mercado, com mais de 8 mil clientes em todo o Brasil.

O seu galpão tem um espaço de aproximadamente 15 mil m² na capital paulista.

DPC Distribuidora Atacadista

DPC é uma distribuidora que trabalha com produtos de marcas reconhecidas em todo o mundo, como Havaianas, Colgate, Nivea e P&G.

Ela fornece itens no atacado, principalmente no segmento de cosméticos, mas vende perfumes e produtos de higiene pessoal também.

Ela está localizada em Minas Gerais, mas tem filiais na Bahia e outros estados.

Megafort Atacadista e Distribuidora

Megafort é considerada uma das principais fornecedoras do Brasil, com mais de 5 mil produtos distribuídos em segmentos como alimentação, papelaria, higiene pessoal, bebidas e limpeza.

Ela tem distribuidoras no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Espírito Santo e outros estados do país.

K3 Distribuidora

K3 está localizada em Belém, no Pará, e uma das suas principais características e diferenciais é que ela é uma fornecedora dropshipping no Brasil — ou seja, ela faz com que você não necessite de um estoque de produtos próprios na sua loja virtual.

A empresa trabalha com itens de informática, eletrônicos, games, cabo e segurança.

Antes de resolver abrir uma loja virtual, é muito importante se organizar e planejar para escolher os melhores produtos e o segmento em que você vai investir.

Busque distribuidoras e fornecedores de lojas virtuais que tenham um bom histórico e, de preferência, que tenham um bom trâmite com mercados internacionais e importadores, já que o preço dos produtos é menor e a logística funciona de uma maneira muito melhor.

Viu só! Encontrar fornecedores de qualidade é um passo essencial para o sucesso do seu negócio de e-commerce.

A escolha adequada deles garante a oferta de produtos de alto padrão, prazos de entrega pontuais e preços competitivos para os seus clientes.

Utilize a internet para pesquisar e comparar fornecedores, participe de feiras e eventos para conhecer pessoalmente as pessoas por trás dos negócios e analise os parceiros da concorrência.

Verifique a segurança e a garantia dos fornecedores e esteja atento para garantir as melhores escolhas.

O estabelecimento de parcerias de longo prazo, a comunicação eficiente e o uso da tecnologia são fatores-chave para otimizar as relações com os fornecedores.

Ao adotar uma abordagem estratégica e contínua, você fortalecerá o seu e-commerce e construirá uma base sólida para o sucesso no mercado competitivo do comércio eletrônico.

Seja trabalhando na sua loja online, no marketplace ou no modelo de dropshipping.

Embalagens para E-commerce: aprenda a escolher a ideal para seu produto;
Lista de Fornecedores de Dropshipping Nacional;
Como usar o frete grátis na sua estratégia de negócio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira os Planos Tray e abra sua loja virtual

Mensal
Anual

Plano 1

52
Economize R$84
R$ 624 por ano
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 2

94
Economize R$60
R$ 1.128 por ano
em até 6x sem juros

Plano 3

236
Economize R$156
R$ 2.832 por ano
em até 6x sem juros

Plano 4

359
Economize R$480
R$ 4.308 por ano
em até 6x sem juros

Assine e receba novos materiais

⚠ Não se preocupe, você não receberá spams. Além disso, seus dados estão seguros, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados.

Fique por dentro

Parabéns por se inscrever

Quer receber conteúdos e materiais em primeira mão? Acesse nosso grupo gratuitamente!