Pesquisar
Close this search box.

Como aumentar as vendas: veja 21 dicas para aumentar o seu faturamento

Para aumentar as vendas do seu e-commerce é necessário: conhecer seu público, estudar o mercado, entender qual problema seu produto ou serviço resolve, investir em marketing, ser diferente dos concorrentes e ter uma boa estratégia de preços.

Principais tópicos

Nos últimos anos, cada vez mais observamos o varejo migrando do mundo físico para o virtual.

Por meio do surgimento e da popularização do e-commerce, das lojas virtuais e, posteriormente, dos marketplaces, as vendas online foram disparando em todo mundo.

E hoje já representam uma parcela considerável do comércio na maior parte dos países.

Junto dessa tendência, ocorreu o surgimento de um mercado extremamente competitivo, dentro desse mundo das vendas online.

A razão, para dizer a verdade, é bem simples: com a facilidade de se realizar compras pela internet, os clientes se tornam muito mais exigentes com as condições para fecharem a compra de um produto.

Ou seja, eles passaram a esperar cada vez mais do serviço prestado pelas lojas, para decidirem se realizarão ou não a compra.

Em função disso, muitos comerciantes têm dificuldades para manter a sua loja competitiva e buscam soluções para conseguir aumentar as suas vendas.

Pensando nisso, preparamos este texto, no qual daremos algumas dicas para você alavancar as vendas da sua loja online.

21 dicas de como aumentar as vendas do seu negócio

Como já vínhamos comentando, o mundo dos e-commerces está cada vez mais competitivo, exigindo mais qualidades das lojas e empresas que participam dele.

Como o cliente está a poucos cliques de distância de outro site que vende o produto em melhores condições, é muito fácil e cômodo para ele pesquisar as melhores opções.

Essa é uma das razões pelas quais os clientes têm se tornado tão mais exigentes.

Em vista disso, para conseguir melhorar as suas vendas, você terá que aprender a lidar com essa realidade.

Mas fique tranquilo, pois você não está sozinho nessa.

Para ajudar, separamos 21 dicas que vão impulsionar as suas vendas, se forem colocadas em prática.

Veja!

1- Conheça seu público

A primeira coisa que você deve fazer, se realmente deseja impulsionar as suas vendas, é garantir que conhece verdadeiramente o seu público.

Ou seja: com quem você está falando, a quais pessoas é direcionado o seu conteúdo de marketing e os seus produtos; quais são as preferências, os gostos, as necessidades e as dificuldades dessas pessoas.

São diversas as técnicas que visam a identificar o seu público-alvo e segmentá-lo, com o intuito de tornar a sua abordagem mais precisa.

Lembre-se sempre de que, a partir do momento em que você sabe com quem está falando, se torna muito mais fácil direcionar e adaptar o seu conteúdo para que ele faça mais sentido para essas pessoas.

Convenhamos que, na maior parte das vezes, não faz muito sentido você tentar vender videogames para idosos, por exemplo.

Por isso, identifique as necessidades do seu público-alvo, para conseguir apresentar a ele as suas soluções.

2- Conheça o mercado

Outra prática muito importante que você deve ter em mente é a de conhecer o próprio mercado no qual você está inserido.

Afinal, você sabe dizer quem são os seus principais concorrentes?

Eles trabalham com os mesmos produtos que você ou há alguma diferença?

Se há, qual é?

A faixa de preços deles é semelhante à sua?

Tudo isso deve ser levado em consideração.

O ponto mais relevante de você compreender o mercado no qual você está inserido é que consegue identificar quem está disputando aquela mesma fatia do público com você.

Sendo assim, como você sabe quais são as necessidades daquelas pessoas?

Se você for capaz de identificar o que a concorrência está oferecendo, você pode ter uma boa vantagem.

Isso porque você pode conseguir identificar alguma lacuna, ou alguma coisa que esteja faltando no serviço oferecido pela concorrência, que pode ser o seu diferencial.

3- Tenha muito claro o problema que o seu produto resolve, ou quais benefícios ele proporciona

Para que os últimos dois pontos sejam realmente efetivos, é pertinente que você também já tenha colocado em prática esta dica.

Para vender qualquer coisa, antes de tudo, você precisa entender o que esse item pode oferecer ao seu comprador, ou seja, quais são os benefícios que ele proporcionará.

Você deve alinhar isso com os problemas que o seu público-alvo possui, que eles desejam resolver, para então colher bons resultados.

Juntando essas informações, você conseguirá oferecer aos clientes do seu e-commerce aquilo que eles precisam para resolver os seus problemas, o que é sempre muito atrativo.

4- Impulsione seus investimentos de marketing

Tudo isso que falamos até aqui é indispensável, mas, definitivamente, todas essas estratégias de marketing digital só farão sentido se as informações chegarem até o seu público.

Ou seja, o marketing tem um papel fundamental aqui, em fazer a sua mensagem chegar às pessoas que precisam escutar.

Seja por meio de um aumento de investimento, seja pela adoção de novas e melhores estratégias, não negligencie o marketing da sua loja de forma alguma.

No fim das contas, ele pode ter um grande impacto nas suas vendas, se você souber utilizá-lo a seu favor.

5- Pratique up sell e cross sell

O uso de algumas estratégias na hora de realizar uma venda pode ter um impacto bem interessante no resultado delas.

Um exemplo disso é no uso tanto de up sell quanto de cross sell, como forma de aumentar o ticket médio da compra que alguns clientes estão realizando em sua loja.

O cross sell consiste na sugestão de produtos associados a outro que o cliente já está comprando naquele momento.

Um bom exemplo disso é quando o cliente vai comprar um smartphone, e o vendedor, ou o portal, no caso de uma compra online, sugere ao cliente que ele também adquira uma capinha de celular.

Por sua vez, o up sell pretende oferecer ao cliente um produto melhor do que aquele que ele está adquirindo naquele momento.

No caso do smartphone, poderíamos falar de um aparelho com uma capacidade de armazenamento maior, ou uma câmera maior, nesse caso.

A questão dessa estratégia, é que ela não foca na aquisição de novos clientes, mas no impulsionamento das compras daqueles que já são seus consumidores. 

6- Ofereça a seus clientes um cartão presente

Outra estratégia que também pode ser utilizada, e que focará nos seus clientes atuais, é uso de cartões presente.

Esse recurso pode ter um grande impacto nas suas vendas, incentivando o cliente a consumir, além de ajudar a fidelizá-lo, já que ele se sentirá bem tratado pela empresa.

Nessa mesma direção, a aplicação de cartões de desconto também pode ser uma boa opção para fazer com que o seu público consuma mais e se sinta mais feliz com a empresa.

7- Diferencie-se dos concorrentes

Outro ponto fundamental é conseguir entender e construir aquilo que fará com que a sua empresa seja única no mercado.

Como já havíamos comentado, você deve buscar pesquisar e entender o mercado, para conseguir compreender e investir no seu diferencial, naquilo que faz a sua empresa se destacar.

Pode ser o seu próprio conhecimento de mercado, a qualidade do atendimento, as opções de pagamento, ou até mesmo o discurso de vendas.

O mais importante é que você seja capaz de oferecer algo único aos clientes, que diferencie a sua marca das demais.

8- Tenha uma estratégia de preços

É fundamental entender que todo cliente sempre deseja pagar mais barato no que está consumindo.

É claro que não faz sentido levar prejuízo em suas vendas, entretanto uma boa estratégia de preços saberá equilibrar o uso de ofertas e promoções como forma de fisgar os consumidores.

No caso, você pode, por exemplo, oferecer um produto inicial a um preço mais baixo do que o normal e utilizá-lo como isca para fazer com que o cliente realize novas compras.

Com essa estratégia cross sell, você pode vender os demais produtos pelo seu preço normal, aumentando o ticket médio da sua venda.

9- Elabore um programa de recuperação de clientes

Principalmente quando tratamos de lojas com um pouco mais de idade, é extremamente natural que elas possuam clientes que já não estão mais ativos.

Ou seja, pessoas que, em algum momento, consumiram em sua loja, mas que hoje em dia não demonstram mais nenhuma intenção de comprar os seus produtos.

Uma ótima estratégia para conseguir alavancar as suas vendas é buscar uma forma de recuperar esses clientes, fazendo com que eles voltem a consumir.

Dependendo da estratégia, isso pode levar um pouco de tempo, com os primeiros contatos sendo mais tímidos, até que o consumidor realmente volte a prestar atenção nas suas ofertas e nos seus produtos.

10- Crie ações considerando o funil de vendas

Uma das melhores abordagens que você pode ter para conseguir aumentar as suas vendas é utilizar do funil de vendas na hora de formular as suas ações para os clientes.

Dessa forma, você conseguirá entender melhor em qual etapa da jornada de compra o consumidor se encontra e pensar na melhor estratégia para cada um desses momentos.

Para quem não sabe, o funil de vendas é uma tática muito utilizada por empresas no mundo inteiro, que pretende principal ajudar na compreensão do cliente.

A ideia central é que, dentro do funil, existem diversas etapas, até que a pessoa efetivamente conclua a compra.

A depender de qual ponto o consumidor está, existe uma abordagem mais adequada, para levá-lo ao fim do funil, onde ele optará por consumir aquele produto ou serviço em questão.

Ou seja, é necessário respeitar o momento de compra do cliente e criar uma relação com ele para conduzi-lo até o final.

Isso se verifica muito nos casos de usuários que até acessam a plataforma do seu e-commerce, mas optam por não consumir nada nesse primeiro acesso.

Em um primeiro momento, é bem provável que essas pessoas estejam apenas conhecendo e lendo sobre aquele produto em questão, e ainda levará tempo até concluírem se desejam ou não consumi-lo.

O seu papel, portanto, é entender o momento de cada consumidor e levar para ele as informações que são mais necessárias.

11- Personalize e humanize a sua comunicação

Mais um ponto de destaque para todos aqueles que desejam aumentar as vendas do seu e-commerce é trabalhar com um atendimento mais humanizado ao cliente.

Convenhamos que todos nós somos muito mais do que apenas números e potenciais clientes.

Somos pessoas, com nomes, preferências, características, desgostos e inseguranças, e gostamos de ser tratados assim, por quem somos.

Portanto, um atendimento robótico e sem vida vai no sentido contrário de toda a forma como esperamos ser tratados em uma relação com outra pessoa.

Por isso mesmo, é importantíssimo não só personalizar seu atendimento, fazendo com que cada cliente se sinta único, como também humanizá-lo.

Dessa forma, você consegue criar uma relação entre o consumidor e a marca, aproximando os dois e gerando um vínculo entre ambas as partes.

Isso tem um impacto muito interessante no que diz respeito à fidelização do cliente, na taxa de conversão da sua loja e, principalmente, na confiança do seu público em você.

12- Invista em Inbound Marketing

Enquanto o marketing tradicional, em certo ponto, tenta fazer com que muitas pessoas engulam aquela informação, o Inbound Marketing tem uma ideia diferente.

Nessa abordagem, o foco é direcionar os conteúdos para as pessoas, dando a elas justamente aquilo que elas tanto procuram ou precisam.

Ou seja, você deve realizar diversas pesquisas para compreender bem o seu público-alvo e, assim, direcionar da forma mais precisa o conteúdo correto para eles.

Além disso, vale dizer que essa estratégia não utiliza conteúdo pago, ou seja, tudo deve ser orgânico, distribuindo os seus conteúdos por diversos canais.

13- Gere um processo de compra fácil

Como já foi comentado, o mercado, principalmente o digital, está extremamente competitivo. Sendo assim, pequenos descuidos ou desatenções podem ter um custo muito elevado.

Por isso, é importantíssimo estar atento.

Um dos elementos mais significativos, que nem sempre recebe toda a atenção que deveria, é a facilidade de conclusão de compra que uma loja tem a oferecer.

É mais do que natural que todo comércio tenha os seus procedimentos para que ocorra a conclusão da compra.

Entretanto, é essencial ter cuidado com o quão complexas são essas burocracias.

Afinal, se o cliente achar todas essas etapas muito demoradas e trabalhosas, é bem provável que ele abandone a compra e opte por realizá-la em outro portal.

Certamente, você não quer que isso aconteça.

14- Preocupe-se com o pós-venda

O pós-venda é um dos momentos mais consideráveis de uma venda, principalmente quando estamos observando as coisas pela ótica do cliente.

É nessa etapa que cuidamos de assuntos relacionados a se o produto foi entregue ou não e em qual estado ele chegou, além de lidarmos com eventuais problemas ou dificuldades que o cliente possa ter.

Demonstrar atenção com essa etapa para o cliente significa mostrar a ele como você se importa e se compromete com o bem-estar dele, preocupando-se se ele recebeu bem o seu produto.

Muitas vezes, é justamente o pós-venda que se apresenta como um forte diferencial, para ocorrer a fidelização de um cliente, por exemplo.

15- Estabeleça um relacionamento de confiança com os clientes em potencial

Uma boa relação com potenciais clientes é algo fundamental para que eles efetivamente comecem a consumir em seu e-commerce.

Para isso, é indispensável realçarmos como tudo começou com base na confiança e que, portanto, é necessário conquistá-la.

O primeiro passo para isso é lembrar que, com a internet, o consumidor se tornou muito mais preparado, podendo pesquisar muito mais sobre o produto antes de tomar sua decisão.

Portanto, é fundamental que você possua amplo domínio sobre aquela mercadoria e saiba também demonstrar isso com sutileza e simpatia, mostrando ser a opção mais preparada.

Além disso, esqueça aquela história do vendedor tagarela.

Foque em escutar o seu cliente, fazer com que ele sinta que você realmente se preocupa e dá toda a sua atenção para ele naquele momento.

Você deve demonstrar se preocupar com ele, enquanto busca ajudar na solução de seus problemas, para então conquistar sua confiança.

Com isso, você conquistará aquela pessoa pela experiência única que você está proporcionando, transformando-a em um cliente de fato.

16- Desenvolva um blog com conteúdos relevantes

Os conteúdos que chegarão até o seu público desempenham um papel fundamental sobre as suas vendas.

Além de demonstrar o seu domínio sobre o tema, eles também servem para gerar engajamento orgânico e melhorar o seu alcance.

Por isso mesmo, foque na produção de um blog com textos de qualidade e informações relevantes, mostrando como você e a sua marca são preparados e capacitados.

Sem falar nas vantagens de SEO (Otimização de Mecanismos de Busca) que um conteúdo útil, relevante e bem escrito pode conseguir também.

17- Produza materiais ricos, como e-books, vídeos e infográficos

Continuando o mesmo raciocínio, a qualidade do conteúdo produzido é importantíssima para quem deseja aumentar as suas vendas.

Entretanto, isso não significa, nem de longe, que você deve focar apenas na criação de um blog para a sua marca e ignorar totalmente as outras formas de produção de conteúdo.

É natural que, entre os seus potenciais clientes, existam pessoas mais ou menos curiosas e sintam mais facilidade em absorver um conteúdo de uma forma ou de outra.

Ou seja, textos em blogs não são a única forma de produção de conteúdo que você pode levar em consideração!

Você pode produzir vídeos tratando diversos temas relacionados à sua marca, produzir e-books e até mesmo utilizar infográficos nesse processo.

O mais interessante de tudo é que, independentemente do formato do conteúdo, ele seja extremamente rico e produtivo para quem quer que o busque.

18- Use o SEO para definir que temas usar em seu blog e materiais ricos

Estratégias de SEO são fundamentais para o bom desenvolvimento de qualquer tipo de marca digital.

Afinal, são justamente essas táticas que nos ajudam a ficar mais bem colocados nos mecanismos de busca, sendo o principal deles, nada mais nada menos, o próprio Google.

Por tanto, é muito útil e interessante que você se lembre de utilizar essas estratégias na hora de definir os temas que você abordará em seu blog ou nos demais materiais.

Por meio de pesquisas sobre palavras-chave, por exemplo, você consegue ter uma ideia melhor sobre quais temas podem ranquear melhor, trazendo mais visibilidade e novos leitores para o seu portal.

19- Construa páginas de captura de leads, em que “troca” informações de contato pelos materiais ricos

Nos tempos atuais, quando cada vez mais os conteúdos precisam ser direcionados para o público certo, obter informações sobre os seus potenciais clientes é cada vez mais valoroso.

Uma das grandes alternativas para isso é a troca de materiais de interesse do público, como um e-book, por suas informações de contato.

Dessa forma, você consegue aproximar-se desses potenciais compradores, entender suas necessidades, conhecê-los e apresentar o seu produto.

Entretanto, é ponderoso ficar bem atento, independentemente de qual tipo de formulário estiver utilizando. Lembre-se sempre de que eles devem ser simples e rápidos de ser preenchidos.

Foque apenas no fundamental e em informações que permitam buscar mais sobre a pessoa, sem que ela gaste mais tempo ali.

Até porque, se for muito demorado e trabalhoso, as chances de o possível cliente desistir antes de concluir são bem grandes.

20- Envie e-mail marketing segmentado com informações relevantes para seus clientes

e-mail marketing é uma peça importantíssima em toda estratégia de marketing digital, e aqui não será diferente.

Essa forma de contato direto com o público, quando bem utilizada, pode ser extremamente útil, tanto para aproximar o consumidor da sua marca, quanto para gerar um maior interesse dele pelos seus produtos.

Entretanto, é crucial lembrar-se de todas as informações adquiridas pelo seu público e focar suas campanhas em informações relevantes para cada grupo.

Não se esqueça de que o mais determinante é levar as informações certas para as pessoas certas!

21- Use as mídias sociais para divulgar ainda mais conteúdos

Por fim, mas não menos importante, lembre-se sempre de utilizar ao seu favor as principais ferramentas de contato com as pessoas da nossa geração: as redes sociais.

Por meio delas, é possível formular diversas estratégias e abordagens distintas, que poderão ser mais efetivas, a depender da plataforma utilizada.

Além disso, a divulgação de conteúdo nas redes pode ser feita de forma bem diversa, indo desde mídia paga, até geração de tráfego orgânico.

O fundamental para obter bons resultados é possuir uma boa estratégia para cada rede, sabendo os horários mais efetivos e os conteúdos mais relevantes em cada uma delas.

Aumentar as vendas do seu e-commerce não é uma tarefa fácil, e será fundamental dedicar-se a algumas estratégias para que isso seja possível.

Entretanto, o que não faltam são formas de conseguir aumentar o seu alcance, conter a redução da sua marca e alavancar as suas vendas.

Conteúdos que podem te interessar:

Como usar a estratégia de vale presente na sua loja.
Como dar desconto sem prejudicar seu lucro;
Guia para precificar produtos de forma estratégica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira os Planos Tray e abra sua loja virtual

Mensal
Anual

Plano 1

52
Economize R$84
R$ 624 por ano
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 2

94
Economize R$60
R$ 1.128 por ano
em até 6x sem juros

Plano 3

236
Economize R$156
R$ 2.832 por ano
em até 6x sem juros

Plano 4

359
Economize R$480
R$ 4.308 por ano
em até 6x sem juros

Assine e receba novos materiais

⚠ Não se preocupe, você não receberá spams. Além disso, seus dados estão seguros, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados.

Fique por dentro

Parabéns por se inscrever

Quer receber conteúdos e materiais em primeira mão? Acesse nosso grupo gratuitamente!