Pesquisar
Close this search box.

Produtos mais vendidos na Black Friday: confira e prepare sua operação

No ano passado, a Black Friday acabou ficando em segundo plano na cabeça dos consumidores pela Copa do Mundo, mas ainda assim, os produtos mais procurados no dia mais aguardado do ano foram celulares, notebooks e geladeiras. As categorias que mais se destacaram foram: moda e acessórios, beleza e perfumaria e alimentos e bebidas.
a imagem mostra uma mulher alegre fazendo compras on-line na Black Friday

Principais tópicos

Os itens mais vendidos na Black Friday tornaram-se um tema de destaque e curiosidade anual para consumidores e varejistas.

A Black Friday, que ocorre na última sexta-feira de novembro, é um evento de vendas que tem conquistado destaque no Brasil, especialmente no cenário digital.

Relatórios da Adobe destacam que, a cada ano, esta ocasião vem se fortalecendo de forma mais digital, com marcas lançando ofertas competitivas e proporcionando experiências de compras otimizadas para a clientela.

E, assim, poder vender online ou presencial.

Então, se você não sabe quais produtos colocar em promoção este ano, conheça as estatísticas dos produtos mais vendidos para se basear nelas.

Quais foram os produtos mais vendidos da Black Friday?

O ano de 2022 trouxe uma peculiaridade: a estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo do Qatar em 24 de novembro.

Justamente na véspera da Black Friday.

Esta coincidência influenciou o comportamento de compra, refletindo em um declínio nas vendas online em comparação ao ano anterior.

Mesmo assim, segundo um levantamento do Radar Simplex, os produtos mais procurados na Black Friday foram:

  • celulares;
  • notebooks;
  • geladeira.

Esses itens foram os mais procurados no dia da Black Friday.

Confira os itens mais vendidos do “Esquenta” Black Friday

Segundo dados divulgados pela plataforma Ebit Nielsen, o que salvou a data comemorativa foram as promoções de esquenta Black Friday, promovidas pelos grandes varejistas.

  1. Games (alta de 47,9%)
  2. Eletrônicos (alta de 42,5%)
  3. Casa e Decoração (20,7%)
E-book da Black Friday

Faturamento do E-commerce na Black Friday

Conforme a matéria publicada na Gazeta do Povo, o faturamento do e-commerce nos itens mais vendidos na Black Friday de 2022 foi de 3,2 bilhões de reais.

Uma redução de 25% em comparação com os 4,3 bilhões de reais de 2021.

Ticket Médio na Black Friday 2022

O ticket médio também caiu de 652 reais para 589 reais, enquanto o número de pedidos diminuiu de 6,6 milhões para 5,4 milhões.

Apesar do cenário desafiador, alguns segmentos se destacaram nas vendas online durante a Black Friday de 2022.

A lista de produtos mais vendidos incluiu:

  • Eletrodomésticos;
  • Eletrônicos;
  • Telefonia;
  • Moda e Acessórios;
  • Informática.

O faturamento foi de R$ 5.419 bilhões.

Esses dados mostram que a Black Friday continua sendo uma data importante para o e-commerce brasileiro.

Mas que também exige adaptação e planejamento diante das mudanças no comportamento do consumidor.

A expectativa é que em 2023, com o fim da pandemia e a retomada da economia, a Black Friday cresça com mais recordes.

A Black Friday é uma das datas mais esperadas pelos consumidores brasileiros, que aproveitam as ofertas para comprar produtos ou serviços com preços mais baixos.

Mas você sabe quais foram os itens mais procurados e comprados na última edição do evento?

Segundo dados publicado na TradeMap, a Black Friday de 2022 movimentou R$ 6,05 bilhões em vendas online, um crescimento de 3,5% em relação ao ano anterior.

Além disso, os itens mais procurados foram moda, beleza e saúde.

Mas quais foram as classes de mercadorias que mais fizeram sucesso entre os consumidores?

Veja a seguir as categorias que se destacaram em faturamento e em volume de vendas na Black Friday de 2022.

Categorias que mais faturaram na Black Friday

De acordo com a Gazeta do Povo, as categorias que mais conseguiram faturar na Black Friday de 2022 foram:

  • Telefonia;
  • Eletrodomésticos;
  • Eletrônicos;
  • Moda e acessórios;
  • Móveis.

Essas categorias representam 80% do faturamento total do evento.

Isso mostra que os consumidores aproveitaram a divulgação de produtos mais baratos para adquirirem itens de maior valor agregado, como smartphones, geladeiras, TVs, roupas e sofás.

Categorias que mais venderam na Black Friday

Já em relação ao volume de vendas, as categorias que mais se destacaram na Black Friday de 2022 foram:

  • Moda e acessórios;
  • Beleza e perfumaria;
  • Alimentos e bebidas;
  • Eletroportáteis;
  • Utilidades domésticas.

Essas categorias representam a maioria dos pedidos realizados no evento.

Isso indica que os consumidores também buscaram produtos de menor valor.

Mas com alta demanda, como roupas, cosméticos, cervejas, liquidificadores e panelas.

A Black Friday de 2022 fez um grande volume vendas online, superando as expectativas do mercado.

Os consumidores aproveitaram as ofertas para comprar produtos ou serviços de diversas categorias, desde as mais tradicionais até as mais inovadoras.

Contudo, devido à pandemia, o crescimento poderia ter sido ainda maior.

Ranking dos e-commerces mais acessados no Brasil na Black 2022

Agora vamos trazer um assunto que interessa a todos os consumidores online: o ranking dos e-commerces mais acessados no Brasil na Black 2022.

Quem será que se destacou na maior semana do desconto do ano?

Para elaborar esse ranking, usamos como fonte os dados o mesmo estudo realizado pela Gazeta do Povo, que você pode conferir na íntegra no link colocado no tópico acima.

O estudo mediu a exposição das marcas nas mídias digitais, considerando tanto a quantidade quanto a qualidade das menções.

Assim, foi possível calcular um índice que reflete a reputação dos e-commerces na semana da Black Friday.

Foram monitorados os principais veículos de imprensa digitais, nacionais, regionais e especializados, além das redes sociais dos influenciadores.

As menções às marcas foram classificadas como promotoras, quando a marca aparece de forma positiva, ou detratoras, quando a marca é citada de forma negativa.

Com base nesse índice, vamos ver quais foram os e-commerces mais acessados no Brasil na Black 2022:

1. Lojas Americanas

A marca surpreendeu ao saltar da 15ª posição em 2021 para a liderança em 2022, com 12 pontos.

A Lojas Americanas foi a marca que mais recebeu menções promotoras nas mídias digitais, graças às suas ofertas agressivas e à sua estratégia de marketing digital.

2. Amazon

A gigante do e-commerce também subiu no ranking, passando de 11º lugar em 2021 para o segundo lugar em 2022, com 10 pontos.

A Amazon se destacou pela sua variedade de produtos, pelo seu serviço de entrega rápida e pelo seu programa de fidelidade Prime.

3. Mercado Livre

A plataforma de marketplace manteve a terceira posição que havia conquistado em 2021, com 9 pontos.

O Mercado Livre se beneficiou da sua ampla rede de vendedores, do seu sistema de pagamento seguro e do seu programa de frete grátis.

4. Submarino

A marca do grupo B2W também repetiu o desempenho do ano passado, ficando em quarto lugar, com 8 pontos.

O Submarino se diferenciou pela sua oferta de produtos exclusivos, pelo seu clube de vantagens e pelo seu aplicativo móvel.

5. Magalu

A marca que mais cresceu no ranking foi a Magalu, que pulou da 10ª posição em 2021 para a quinta posição em 2022, com 7 pontos.

A Magalu se consolidou como uma das líderes do e-commerce nacional, com uma forte presença nas redes sociais, com uma diversidade de canais de venda e com uma logística eficiente.

6. Casas Bahia

A marca do grupo Via Varejo caiu uma posição em relação ao ano passado, ficando em sexto lugar, com 6 pontos.

A Casas Bahia apostou na sua tradição no varejo físico, na sua facilidade de crédito e na sua campanha publicitária com celebridades.

7. Extra

A marca também do grupo Via Varejo manteve a sétima posição que havia alcançado em 2021, com 5 pontos.

O Extra se destacou pela sua oferta de produtos de diferentes categorias, pelo seu serviço de retirada nas lojas físicas e pelo seu programa de cashback.

8. Americanas.com

A marca do grupo B2W perdeu duas posições em relação ao ano passado, ficando em oitavo lugar, com 4 pontos.

A Americanas.com se diferenciou pela sua oferta de produtos importados, pelo seu serviço de entrega expressa e pelo seu programa de cashback.

9. Shoppe

A marca que mais caiu no ranking foi a Shoppe, que despencou da liderança em 2021 para a nona posição em 2022, com 3 pontos.

A Shoppe sofreu com a concorrência acirrada dos outros e-commerces, com as reclamações dos consumidores sobre a qualidade dos produtos e com as críticas dos influenciadores sobre a sua política de patrocínio.

10. Netshoes

A marca do grupo Magalu entrou no ranking pela primeira vez, ocupando a décima posição, com 2 pontos.

A Netshoes se destacou pela sua especialização em produtos esportivos, pelo seu atendimento ao cliente e pelo seu programa de troca e devolução.

A Black Friday é um dos eventos mais esperados pelos consumidores brasileiros, que aproveitam as ofertas para comprar produtos desejados com descontos.

Mas como foi o desempenho da Black Friday 2022?

Quais foram as categorias mais procuradas e vendidas? E o que esperar para a edição deste ano?

Balanço da Black Friday 2022

A Black Friday 2022 foi marcada por um cenário atípico, devido à pandemia de Covid-19 e à realização da Copa do Mundo no Qatar.

Esses fatores influenciaram o comportamento dos consumidores e o resultado das vendas.

Segundo dados publicados na Globo.com, em 2022 registrou-se uma queda de 23% nas vendas online em relação ao ano anterior.

Foi a primeira vez que houve uma retração no faturamento do e-commerce desde o início do evento no país, em 2010.

Entre os motivos apontados para a queda estão:

  • a antecipação das compras pelos consumidores, que aproveitaram as ofertas ao longo do mês de novembro;
  • a redução do auxílio emergencial;
  • a inflação; e a concorrência com a Copa do Mundo, que atraiu a atenção e os gastos dos brasileiros.

Já, segundo a Forbes, as vendas online nos Estados Unidos atingiram US$ 9,12 bilhões, um aumento de 2,3% em relação ao ano anterior.

Assim, se você expande a sua loja virtual ao nível mundial, pode ter um vislumbre do panorama em outros países.

Outras categorias movimentadas na Black Friday

A Black Friday 2022 também foi movimentada nos aplicativos da categoria mercado, segundo análise de dados da Americanas Advertising.

Que avaliou o desempenho, constatou um crescimento de 11 vezes no setor em relação ao ano anterior.

Entre os meios de comunicação mais utilizado para as compras, o WhatsApp foi o canal preferido.

Assim, o fim da pandemia também marcou a preferência do público em fazer as compra sem sair de casa.

Outra tendência que se consolidou na Black Friday 2022 foi o uso do delivery como forma de entrega dos produtos comprados online.

Segundo dados da Linx, empresa desenvolvedora de software para varejo, a modalidade representou 20,72% dos pedidos nessa Black Friday – um aumento de 33% em relação ao ano anterior e de 51% em relação ao período pré-pandemia, em 2019.

Entre os produtos com maior faturamento no delivery estão:

  • eletrônicos;
  • eletrodomésticos;
  • telefonia;
  • móveis;
  • moda e acessórios.

Expectativa para a Black Friday 2023

A Black Friday 2023 promete ser um evento ainda mais relevante para o varejo brasileiro, com a retomada da economia e da confiança dos consumidores.

Segundo uma pesquisa realizada pela Plataforma Gente revelou que 62% dos respondentes da classe AB pretendem comprar na Black Friday.

Esse é o maior índice entre as classes.

A pesquisa também revelou que os consumidores estão mais exigentes e conscientes na hora de comprar.

Eles buscam por ofertas reais, qualidade dos produtos e serviços, facilidade de pagamento e entrega rápida.

As categorias mais desejadas pelos consumidores para a Black Friday 2023 são: eletrônicos (48%), telefonia (45%), informática (38%), moda (37%) e beleza (36%).

Além disso, os consumidores estão mais conectados e multicanais.

As pessoas usam diferentes plataformas para pesquisar e comprar produtos na Black Friday, como sites, aplicativos, redes sociais e lojas físicas.

Por isso, é importante que varejistas ofereçam uma experiência integrada e personalizada para os clientes em todos os canais.

A Black Friday é uma oportunidade única para os varejistas aumentarem suas vendas e fidelizarem seus clientes.

Para isso, é preciso estar atento às tendências e expectativas do mercado e dos consumidores, e oferecer ofertas atrativas, produtos de qualidade e um atendimento diferenciado.

Quer se preparar para vender como nunca na próxima Black Friday?

Acompanhe nosso conteúdo:

Adquira sua Loja Online em Minutos!

Vamos ajudar você a abrir sua loja virtual na Tray agora mesmo.

Preencha as informações abaixo e te ligamos em até 1 minuto.

Em 1 minuto mesmo! Preencha aqui que nós ligamos para você

Loja Virtual + Cursos por R$ 59!

Descubra como impulsionar suas vendas online com uma loja virtual + cursos por apenas R$ 59! Clique aqui para aproveitar esta oferta incrível.

Você já é um cliente Tray?

Não perca os nossos mais recentes lançamentos e mantenha-se atualizado!

Confira os Planos Tray e abra sua loja virtual

Mensal
Anual

Plano 1

52
Economize R$84
R$ 624 por ano
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 2

94
Economize R$60
R$ 1.128 por ano
em até 6x sem juros

Plano 3

236
Economize R$156
R$ 2.832 por ano
em até 6x sem juros

Plano 4

359
Economize R$480
R$ 4.308 por ano
em até 6x sem juros

Assine e receba novos materiais

⚠ Não se preocupe, você não receberá spams. Além disso, seus dados estão seguros, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados.

Fique por dentro

Parabéns por se inscrever

Quer receber conteúdos e materiais em primeira mão? Acesse nosso grupo gratuitamente!