Pesquisar
Close this search box.

O que é Google Ads? Entenda na prática como anunciar!

O Google Ads é a plataforma de anúncios do Google. Desde que foi criada, se tornou líder em mídia Online. Com ela, é possivel criar diversos tipos de campanhas como: Anúncios de pesquisa (Search), de Display, do shopping, de remarketing, anúncios para aplicativos (Apps), anúncios locais, em vídeos e campanhas inteligentes (Smart).
O que é Google ads

Principais tópicos

Já parou para pensar na quantidade de pessoas que clicam nos anúncios do Google todos os dias enquanto buscam informações na internet?

De acordo com o relatório anual de estado do marketing da HubSpot, nada menos que 63% das pessoas clicam em anúncios do Google

Esse dado revela a popularidade do Google Ads e o alcance que a plataforma de publicidade do Google oferece para quem deseja se destacar no mercado digital.

Mas o que exatamente é o Google Ads e como aproveitar todo o potencial da ferramenta para melhorar seus resultados do seu negócio? É o que vamos descobrir.

Neste guia sobre o Google Ads, vamos explicar as vantagens da plataforma, como criar o primeiro anúncio com sucesso, como evitar erros comuns e muito mais.

Não perca essa oportunidade de aprimorar seus conhecimentos e criar campanhas de sucesso com o Google Ads!

O que é Google Ads

Anúncios do Google são peças de publicidade online criadas para promover produtos, serviços ou marcas nos diversos canais do Google, o maior site de buscas do mundo. 

Para criar esses anúncios, é preciso utilizar a plataforma Google Ads, anteriormente conhecida como Google AdWords. 

Nessa plataforma, é possível configurar campanhas de acordo com objetivos, orçamento, palavras-chave, público-alvo e outras configurações para direcionar os anúncios para as pessoas certas, no momento certo.

Além disso, o Google Ads possibilita a exibição de anúncios em outras plataformas, como aplicativos e sites parceiros do Google, incluindo o YouTube.

Como funciona? 

O funcionamento do Google Ads é baseado em um sistema de publicidade pré-paga.

Os anunciantes determinam um valor máximo que estão dispostos a pagar por cada clique em seus anúncios durante um mês. Esse valor é conhecido como “Custo por Clique” (CPC).

Quando um usuário realiza uma pesquisa no Google, os anúncios relevantes são exibidos no topo ou na parte inferior da página de resultados.

A posição do anúncio é determinada por um leilão e pelo índice de qualidade da campanha.

Os anunciantes que oferecem serviços ou produtos semelhantes competem entre si em um leilão para ganhar posições nos resultados de pesquisa. 

A classificação da campanha é estabelecida pelo valor máximo que o anunciante está disposto a pagar no CPC e pelo índice de qualidade atribuído pelo Google para a campanha.

O índice de qualidade é uma nota que o Google atribui a cada anúncio com base na relevância e qualidade da página de destino, das palavras-chave e do próprio anúncio. 

Isso significa que não basta apenas oferecer o maior valor, é necessário que o anúncio seja relevante e útil para os usuários.

Quais os 3 princípios do Google Ads?

O Google Ads se baseia em três princípios: relevância, controle e resultados. Cada um deles é essencial para o sucesso das campanhas de anúncios e para expandir os negócios de forma direcionada.

1. Relevância

O objetivo principal do Google Ads é conectar as empresas com as pessoas certas, no momento adequado e com a mensagem correta. Esse é o princípio da relevância.

Os anunciantes têm a possibilidade de personalizar diversas opções, como palavras-chave e locais de exibição, para tornar os anúncios relevantes para o público certo. 

Ao selecionar as palavras-chave adequadas, por exemplo, o anúncio é mostrado a usuários que estão buscando ativamente por produtos ou serviços relacionados. 

Esse cruzamento de dados aumenta as chances de engajamento e conversão, uma vez que o público-alvo é impactado com ofertas pertinentes aos seus interesses.

2. Controle

O Google Ads oferece aos anunciantes um controle total sobre o orçamento das campanhas.

É possível definir o montante a ser investido em anúncios mensalmente, diariamente e até mesmo por anúncio específico. 

Essa característica da plataforma proporciona uma gestão precisa dos recursos financeiros, permitindo que as empresas façam ajustes conforme necessário.

O sistema de leilão rápido do Google Ads se adapta às configurações do anunciante, decidindo quais anúncios serão exibidos com base nos lances e na relevância. 

Com esse controle, os anunciantes podem ajustar seus anúncios, modificar orçamentos, pausar ou reiniciar campanhas de acordo com a evolução dos resultados e a estratégia em vigor.

3. Resultados

Uma das grandes vantagens do Google Ads é a possibilidade de pagar apenas pelos resultados alcançados. Esse é o terceiro princípio da plataforma.

Os anunciantes pagam somente quando os usuários clicam em seus anúncios ou realizam ações específicas, como fazer ligações para a empresa ou efetuar conversões em seu site.

A plataforma oferece ferramentas de avaliação que permitem acompanhar o desempenho das campanhas, incluindo métricas relacionadas ao site e aos aplicativos. 

Além disso, a tecnologia inteligente do Google Ads possibilita a criação, gerenciamento e otimização eficiente das campanhas, maximizando o retorno sobre o investimento (ROI) e garantindo que os recursos sejam aproveitados ao máximo.

Quais as vantagens de anunciar no Google Ads?

Confira abaixo os benefícios de anunciar no Google Ads e como eles podem impulsionar o sucesso das suas campanhas na internet.

Alto poder de segmentação

Os anunciantes têm a capacidade de direcionar seus anúncios para um público específico com base em critérios como palavras-chave, localização geográfica, idioma, idade, interesses, comportamentos de navegação e muito mais. 

Essa segmentação permite que os anúncios sejam exibidos apenas para pessoas que têm maior probabilidade de se interessar pelos produtos ou serviços oferecidos, aumentando significativamente as chances de conversão.

Controle de investimento

Outra vantagem do Google Ads é o controle total do investimento em publicidade.

Os anunciantes podem definir orçamentos diários ou mensais, garantindo que os gastos estejam alinhados com suas necessidades e metas específicas. 

Além disso, a plataforma funciona no modelo de pagamento por clique (CPC) ou pagamento por impressão (CPM), permitindo que os anunciantes paguem apenas quando os usuários interagem com seus anúncios, tornando o investimento mais eficiente.

Avaliação de ROI (Retorno Sobre Investimento)

O Google Ads oferece recursos robustos de rastreamento e análise que permitem aos anunciantes avaliar o retorno sobre o investimento de suas campanhas de forma detalhada. 

Com métricas como cliques, conversões, vendas e custo por aquisição (CPA), os anunciantes podem medir a eficácia de suas campanhas e identificar quais estratégias estão gerando os melhores resultados. 

Essa avaliação constante permite ajustes e otimizações para maximizar o desempenho das campanhas.

Excelente custo-benefício

O Google Ads oferece uma relação custo-benefício excelente para os anunciantes. 

Ao contrário de outras formas tradicionais de publicidade, em que o pagamento é feito independentemente dos resultados obtidos, no Google Ads, os anunciantes pagam apenas quando os usuários interagem com seus anúncios, seja clicando neles ou exibindo-os. 

Isso significa que o orçamento de marketing é direcionado especificamente para alcançar um público-alvo relevante, resultando em um uso mais eficiente dos recursos disponíveis.

Geração de leads

Anunciar no Google Ads é uma estratégia eficaz para a geração de leads qualificados. 

Com uma segmentação precisa, os anúncios são direcionados para usuários que estão ativamente procurando por produtos ou serviços específicos, o que aumenta as chances de converter esses usuários em leads potenciais

Por meio de chamadas de ação estrategicamente colocadas nos anúncios, como “Saiba Mais” ou “Solicite um Orçamento”, os anunciantes podem incentivar os usuários a tomar uma ação direta, resultando em uma valiosa base de leads qualificados.

Qual é a diferença entre os anúncios pagos e os resultados orgânicos do Google?

Os resultados de uma busca no Google são compostos por duas partes distintas: os anúncios pagos (também conhecidos como links patrocinados) e os resultados orgânicos.

Ambos são exibidos na página de resultados de pesquisa, mas possuem características e formas de posicionamento completamente diferentes.

Posicionamento e identificação

Os anúncios do Google Ass são exibidos no topo da página de resultados e, por vezes, na parte inferior.

Já os resultados orgânicos são exibidos abaixo dos anúncios pagos e não possuem nenhuma marcação específica.

Origem e gestão

Enquanto os anúncios pagos são criados e gerenciados pelos anunciantes por meio da plataforma Google Ads, os resultados orgânicos são obtidos com base nos algoritmos de busca do Google, sem qualquer pagamento envolvido.

Relevância e segmentação

Os anúncios pagos são exibidos com base em um sistema de leilão, em que os anunciantes competem para mostrar seus anúncios para determinadas palavras-chave.

A posição é determinada pelo valor máximo de CPC e pelo índice de qualidade do anúncio.

Já os resultados orgânicos são classificados de acordo com os algoritmos do Google, que consideram a relevância e a qualidade do conteúdo, bem como outros critérios de classificação.

Controle do orçamento

Os anunciantes têm controle total sobre o orçamento de suas campanhas de anúncios pagos, podendo definir o valor que desejam gastar por mês, dia e por anúncio.

Já os resultados orgânicos na SERP não envolvem controle de orçamento, pois não há custos associados a sua exibição.

Velocidade dos resultados

Os anúncios pagos podem gerar resultados imediatos, pois são exibidos assim que a campanha é ativada. 

Já os resultados orgânicos levam tempo para serem alcançados e dependem de esforços contínuos de otimização SEO para melhorar a classificação ao longo do tempo.

Quais são os tipos de campanhas no Google Ads?

O Google Ads oferece uma variedade de tipos de campanhas para atender às necessidades e objetivos específicos de diferentes empresas.

Cada tipo de campanha é projetado para alcançar diferentes resultados e públicos-alvo. 

Abaixo, veja quais são os principais tipos de campanhas disponíveis no Google Ads.

Anúncios de pesquisa (Search)

As campanhas de pesquisa são uma das formas mais populares de publicidade no Google Ads. 

Elas permitem que os anunciantes coloquem seus anúncios nos resultados de pesquisa do Google, aparecendo quando os usuários pesquisam por palavras-chave relevantes aos seus produtos ou serviços. 

Os anúncios de pesquisa geralmente consistem apenas em texto, com um título, descrição e link para o site do anunciante.

Essa abordagem é excelente para direcionar o tráfego qualificado para o site e aumentar as conversões.

Anúncios de Display

As campanhas de display se concentram em exibir anúncios gráficos em sites parceiros do Google.

Esses anúncios podem conter imagens, banners, vídeos e até mesmo elementos interativos, tornando-os mais atraentes visualmente. 

A Rede de Display do Google é vasta e alcança um grande público, oferecendo oportunidades para ações de branding, reconhecimento da marca e alcance de potenciais clientes em diferentes plataformas.

Anúncios do shopping

As campanhas do Shopping são ideais para varejistas que desejam promover produtos específicos diretamente nos resultados de pesquisa do Google

Os anúncios do Shopping incluem informações detalhadas, como nome do produto, preço e imagem, e são exibidos na guia “Shopping”. 

Uma das vantagens dessa opção é que o anunciante só paga quando um usuário clica no anúncio, o que é benéfico para o ROI da campanha.

Anúncios de remarketing

O Remarketing é uma estratégia que visa alcançar pessoas que já interagiram com o site ou a marca de alguma forma

Os anúncios de remarketing são exibidos para usuários que visitaram seu site anteriormente, relembrando-os de sua oferta ou incentivando-os a concluir uma ação, como finalizar uma compra ou preencher um formulário de contato.

Anúncios para aplicativos (Apps)

As campanhas para aplicativos visam promover aplicativos móveis em diversas plataformas, incluindo pesquisa, Google Play, YouTube, Discover e Rede de Display

Os anúncios são projetados para incentivar os usuários a instalarem o aplicativo em seus dispositivos.

A plataforma oferece recursos de segmentação, como interesses e grupos demográficos, para garantir que os anúncios sejam exibidos para o público certo.

Anúncios locais

As campanhas locais são especialmente direcionadas para atrair clientes para lojas físicas e negócios locais

Elas podem ser exibidas na pesquisa, no Google Maps, no YouTube e na Rede de Display, ajudando a promover ofertas, eventos e fortalecer o marketing multicanal. 

É importante ter um cadastro no Google Meu Negócio ou Perfil de Empresa para aproveitar todo o potencial dessa opção.

Guia definitivo para aplicar SEO local no seu negócio!

Anúncios de vídeo

As campanhas de vídeo têm como objetivo alcançar o público no YouTube e em outros sites parceiros, utilizando anúncios em formato de vídeo. 

A qualidade visual e a mensagem do anúncio são fundamentais nesse tipo de campanha.

Os anunciantes podem segmentar suas campanhas com base em interesses, grupos demográficos, remarketing, entre outras opções.

Campanhas inteligentes (Smart)

As campanhas inteligentes são projetadas para facilitar o processo de criação e veiculação de anúncios

Nessa opção, os anunciantes fornecem informações básicas e elementos criativos, enquanto o Google seleciona automaticamente a melhor segmentação e valor de lance para o anúncio. 

Essa opção é ideal para iniciantes ou para quem busca uma abordagem mais automatizada.

Qual o valor mínimo para anunciar no Google?

O anunciante do Google pode investir desde valores modestos, a partir de R$ 10, até quantias consideráveis, na casa dos milhares de reais ou mais.

Por exemplo, uma loja de roupas online quer atrair visitantes para seu site e aumentar as vendas. Ela define um orçamento diário de R$ 50 para a campanha de anúncios

Esse valor é o máximo que a empresa está disposta a gastar por dia para promover seus produtos no Google.

Ela também escolhe palavras-chave relevantes para seus produtos, como “camisetas estampadas”, “roupas femininas” e “moda jovem”. 

Para cada uma dessas palavras-chave, a empresa estipula um valor máximo de CPC que está disposta a pagar quando alguém clicar em seus anúncios.

Digamos que ela decida investir R$ 1,50 de CPC para a palavra-chave “camisetas estampadas”.

Isso significa que, sempre que alguém pesquisar por “camisetas estampadas” no Google e clicar no anúncio da loja, a empresa será cobrada R$ 1,50 por esse clique.

Esse é apenas um exemplo, pois, no Google Ads, várias palavras-chave e estratégias de segmentação podem ser utilizadas para alcançar diferentes públicos.

Como aprender a usar o Google Ads?

Se você é um anunciante iniciante e deseja dominar o Google Ads, a plataforma de anúncios do Google, temos uma ótima notícia para você.

O Google oferece a Skillshop (antiga Academy for Ads), uma central de treinamento completa para todos que utilizam as ferramentas do Google, incluindo o Google Ads.

Com a variedade de cursos disponíveis, você pode se capacitar para utilizar o Google Ads e outras plataformas do Google de forma mais eficaz.

Como criar o primeiro anúncio no Google ads?

Criar o primeiro anúncio no Google Ads é um passo importante para aumentar a visibilidade da sua empresa e alcançar potenciais clientes.

Em nosso passo a passo, vamos conduzir o seu processo de criação do primeiro anúncio no Google Ads. Confira!

Crie uma conta

Para criar uma conta, acesse o site oficial do Google Ads e clique em “Começar Agora” no canto direito superior da tela.

Como criar uma conta no Google Ads

Preencha as Informações

Siga as etapas de registro do Google Ads, fornecendo informações sobre sua empresa, como o nome, endereço do site e definição de metas de publicidade.

Ao finalizar o cadastro da sua conta, você verá uma página de boas-vindas. Para prosseguir, clique em “Explorar sua campanha”.

Configure as conversões

Na próxima tela, o Google Ads oferecerá a opção de usar a medição de conversões para avaliar a eficiência dos anúncios. Se preferir configurar isso mais tarde, clique em “Ignorar por enquanto”.

Crie uma nova campanha

Na tela inicial do Google Ads, clique em “+ Nova campanha” para começar a criar seus anúncios.

Escolha a meta de publicidade

Na página inicial, clique na opção “Alternar para o modo especialista”, que fica na parte inferior da tela.

Agora, escolha a meta da sua campanha. Você encontrará opções como Vendas, Leads, Tráfego, Consideração de produto e marca, Alcance e reconhecimento da marca.

Selecione o formato de anúncio

Escolha como seus clientes visualizarão seus anúncios: Pesquisa, Display, Shopping, Vídeo, Smart ou Discovery.

Defina a estratégia de alcance

Selecione como deseja alcançar sua meta, escolhendo entre opções como visitas ao site, ligações telefônicas, visitas à loja ou downloads de aplicativos.

Atribua um nome à campanha

No campo “Nome da campanha”, defina um nome para a campanha que está criando.

Configuração de lances

Escolha a métrica em que deseja focar em sua campanha, como cliques, impressões, conversões ou visualizações.

Configurações adicionais

Realize outras configurações da campanha, como segmentação de localização, idiomas, segmentos do público-alvo, entre outras opções.

Escolha as palavras-chave

Selecione as palavras-chave relevantes para seus anúncios. Você pode inseri-las através do URL ou do produto/serviço, e também receber sugestões automáticas.

Defina o orçamento diário

Antes de finalizar a criação da campanha, defina o valor de orçamento médio que deseja gastar por dia.

O Google Ads oferecerá um valor médio recomendado, mostrando volume de cliques semanais, custo semanal, CPC médio e CPA médio. 

Se preferir, também é possível escolher um valor de orçamento manualmente, selecionando a opção “Definir orçamento personalizado”.

Revise a campanha

Na última etapa, o Google Ads verificará se existem erros no anúncio criado. Se estiver tudo correto, clique em “Publicar campanha” para que seus anúncios sejam exibidos ao público.

Como são feitos os pagamentos? Quais as formas de pagamento que o Google aceita?

O Google Ads oferece diversas opções de pagamento para os anunciantes.

É possível efetuar um pagamento a qualquer momento com cartão de crédito, cartão de débito, boleto bancário e até transferência bancária.

O anunciante tem a liberdade de optar entre pagamentos manuais e automáticos. No caso dos pagamentos manuais, o anunciante precisa efetuar um pagamento antes da exibição dos anúncios. 

Esse valor será utilizado para cobrir os custos de publicidade quando os anúncios começarem a ser exibidos.

Com essa opção, o anunciante tem mais controle sobre quando e quanto deseja investir em sua campanha.

Já no caso dos pagamentos automáticos, os anúncios são exibidos primeiro e, em seguida, o Google faz a cobrança automática no cartão de crédito cadastrado do anunciante. 

Essa opção oferece mais comodidade, uma vez que o processo de pagamento é automatizado, evitando a necessidade de realizar pagamentos manuais frequentes.

Consigo fazer anúncios sozinho ou preciso contratar um profissional?

O Google Ads oferece uma plataforma amigável, que permite que qualquer pessoa crie e gerencie suas próprias campanhas de publicidade

Recentemente, o Google lançou uma funcionalidade que facilita ainda a criação de anúncios: as campanhas de Performance Max, também conhecidas como PMAX.

A grande vantagem desse tipo de campanha do Google Ads é a automatização avançada.

Ao escolher essa opção, o sistema utiliza usa dados do público-alvo, orçamento, metas de conversão, leads, tráfego do site, visitas a lojas e promoções para gerar novos anúncios.

Qualquer anunciante com uma conta no Google Ads pode utilizar as campanhas de Performance Max.

Essa opção está disponível sempre que você selecionar o objetivo publicitário “Vendas”, “Leads“, “Tráfego do site” ou “Visitas a lojas locais e promoções”.

A campanha Performance Max também aparecerá como uma opção ao criar uma campanha sem meta específica.

Como anunciar no Google Ads para ter sucesso na conversão?

Se você já está familiarizado com o Google Ads e deseja aumentar suas conversões, confira nossas dicas para maximizar o impacto dos seus primeiros anúncios.

Conheça as métricas a serem monitoradas

Monitorar métricas é essencial para medir o desempenho de suas campanhas e identificar oportunidades de otimização.

A seguir, veja algumas das métricas importantes que você pode usar para avaliar seus anúncios no Google Ads.

  • Taxa de Impressão: indica a porcentagem de vezes que seu anúncio foi exibido em relação ao número total de vezes que poderia ter sido exibido;
  • CTR (Taxa de Cliques): é a proporção entre o número de cliques no anúncio e o número de impressões, indicando a relevância do anúncio para o público;
  • CPC (Custo por Clique): representa o valor médio pago por cada clique no anúncio;
  • CPA (Custo por Aquisição): mede o custo médio para adquirir um cliente ou converter uma ação específica;
  • Taxa de Conversão: refere-se à porcentagem de visitantes que realizaram uma ação desejada após clicar no anúncio;
  • ROI (Retorno sobre Investimento): indica a relação entre o valor gerado pelas campanhas e o valor investido;
  • ROAS (Retorno sobre Investimento em Publicidade): mostra a receita gerada em relação aos gastos com publicidade;
  • Índice de Qualidade: uma pontuação atribuída pelo Google que avalia a relevância do anúncio, palavras-chave e página de destino;
  • Taxa de Rejeição: indica o número de visitantes que saem do site após visualizar apenas uma página;
  • CAC (Custo por Aquisição de Clientes): mede o valor investido para adquirir um novo cliente;
  • CPL (Custo por Lead): calcula o valor gasto por cada lead gerado.

Monitorar essas métricas permitirá que você avalie o desempenho de suas campanhas, identifique pontos fortes e fracos e tome decisões estratégicas para melhorar os resultados.

Use a palavra-chave no título do anúncio

As palavras-chave são fundamentais para que seus anúncios sejam exibidos para o público relevante.

Ao usar a palavra-chave no título do anúncio, você aumenta a relevância da peça para os usuários e aumenta a probabilidade de cliques. 

Por exemplo, suponha que você tenha uma loja de artigos esportivos e queira promover tênis de corrida específicos para corredores de longa distância. 

Nesse caso, você pode incluir a palavra-chave “tênis de corrida para longas distâncias” no título do seu anúncio. 

Dessa forma, quando um usuário pesquisar por essa frase no Google, seu anúncio terá mais chances de ser exibido, aumentando a relevância e a probabilidade de cliques.

Lembre-se que o título é o primeiro elemento que os usuários veem, portanto, torná-lo atrativo e incluir a palavra-chave principal ajuda a atrair a atenção do público certo. 

Só tenha cuidado para não exagerar nas palavras-chave e garantir que o título seja coeso e persuasivo.

Invista no copy dos seus anúncios no Google Adwords

A copy do anúncio é o texto que acompanha o título e desempenha um papel crucial para atrair o interesse e a atenção dos usuários. 

É aqui que você pode contar uma história envolvente, destacar os benefícios únicos dos seus produtos e criar um senso de urgência para que o usuário tome uma ação imediata.

Para exemplificar, considere que você tem uma empresa de moda que está promovendo uma oferta especial de verão em sua coleção de roupas de banho. 

Em vez de uma simples frase como “Compre nossas roupas de banho com desconto”, você pode criar uma copy mais persuasiva como: “Sinta-se radiante neste verão: descontos incríveis em roupas de banho! Aproveite agora!”.

Ao utilizar gatilhos emocionais e elementos persuasivos em sua copy, você aumenta a probabilidade de os usuários clicarem em seus anúncios e realizarem a ação desejada.

Gatilhos mentais: o que são, como usá-los e os 25 principais!

Saiba para onde direcionar o seu público

É importante compreender quem são seus clientes em potencial, seus interesses, comportamentos de navegação e localização.

Compreender esses dados permitirá que você alcance as pessoas certas na hora certa e com a mensagem correta.

A segmentação geográfica é uma maneira eficiente de alcançar clientes locais.

Por exemplo, se você possui uma loja física ou presta serviços em uma cidade específica, pode direcionar suas campanhas para esse local.

Essa opção ajuda a evitar desperdício de orçamento ao alcançar apenas pessoas que podem de fato se beneficiar dos seus produtos ou serviços.

Além disso, segmentações demográficas, como idade, gênero e interesses, permitem que você personalize seus anúncios de acordo com o perfil do seu público-alvo. 

Use o Customer Match na sua estratégia

O Customer Match é uma função do Google Ads que permite que o anunciante faça upload de listas de e-mails (de clientes ou leads) e as utilize como público-alvo de campanhas.

Essa ferramenta oferece uma oportunidade única para se conectar diretamente com pessoas que já demonstraram interesse em sua marca, produtos ou serviços.

Com o Customer Match, você pode criar campanhas altamente segmentadas e personalizadas para diferentes grupos de clientes. 

É possível criar campanhas de remarketing exclusivas para clientes que já fizeram uma compra no seu site, por exemplo, oferecendo produtos complementares ou descontos para incentivar compras repetidas.

Você também pode utilizar o Customer Match para reengajar leads que ainda não se tornaram clientes efetivos do seu negócio.

Se você possui uma lista de e-mails de pessoas que baixaram um e-book gratuito em seu site, pode criar campanhas para esses leads com informações adicionais sobre seus produtos e serviços, incentivando-os a realizar uma conversão.

O Customer Match também pode ser utilizado em campanhas de branding e fidelização. Você tem a opção de enviar ofertas exclusivas ou conteúdo relevante para clientes fiéis, reforçando o relacionamento e a preferência pela sua marca.

Quais são os maiores erros que iniciantes cometem no Google Ads?

Pode ser fácil cometer alguns erros que afetam negativamente o desempenho das campanhas, principalmente se for você um iniciante no Google Ads.

Por isso, trouxemos aqui os principais erros que os iniciantes devem evitar ao utilizar a plataforma para alcançar resultados mais eficazes.

Não fazer pesquisa de palavra-chave

A pesquisa de palavra-chave é essencial para identificar as palavras e frases que seu público-alvo está usando para encontrar produtos ou serviços como os seus.

Sem uma pesquisa de palavra-chave adequada, você pode acabar segmentando termos irrelevantes ou com baixa demanda, o que resulta em baixo tráfego e poucos cliques. 

Além disso, pode acontecer de você competir com outras empresas em palavras-chave muito disputadas, o que aumenta o custo por clique e diminui a eficácia da sua campanha.

Não inserir ou revisar palavras-chave negativas

As palavras-chave negativas são termos que você não deseja que acionem seus anúncios.

Elas são essenciais para evitar que seus anúncios sejam exibidos em pesquisas irrelevantes ou em contexto inadequado.

Por exemplo, se você vende roupas de luxo, pode incluir “barato” como palavra-chave negativa para evitar que seus anúncios sejam exibidos para pessoas que buscam opções mais econômicas.

Não monitorar conversões

As conversões são as ações que você deseja que os usuários realizem após interagir com seus anúncios, como fazer uma compra ou preencher um formulário de contato.

Acompanhar as conversões é fundamental para avaliar o desempenho das suas campanhas e otimizá-las com base em dados reais. 

Sem esse acompanhamento, você não terá uma visão clara do retorno sobre o investimento e não poderá fazer ajustes para melhorar o desempenho das suas campanhas.

O Google Ads coloca em suas mãos o controle para alcançar o público certo no momento certo, com  poder de segmentação e flexibilidade para ajustar o investimento de acordo com suas metas.

Agora, é com você!

Que tal dar um passo além e otimizar ainda mais sua estratégia de marketing digital? Entenda agora como analisar os dados do seu e-commerce de forma eficiente no Google Analytics!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira os Planos Tray e abra sua loja virtual
Plano 1
52
Economize R$144
Economize R$144
Economize R$84
R$ 624 por ano
Economize R$144
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 2
94
Economize R$60
R$ 1.128 por ano
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 3
236
Economize R$156
R$ 2.832 por ano
em até 6x sem juros
Plano 4
359
Economize R$480
R$ 4.308 por ano
em até 6x sem juros

Plano 1

59

Melhor custo benefício

Plano 2

99

Melhor custo benefício

Melhor custo benefício

Melhor custo benefício

Plano 3

249

Plano 4

399

Assine e receba novos materiais

⚠ Não se preocupe, você não receberá spams. Além disso, seus dados estão seguros, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados.

Fique por dentro

Parabéns por se inscrever

Quer receber conteúdos e materiais em primeira mão? Acesse nosso grupo gratuitamente!