Pesquisar
Close this search box.

Tom de voz: o que é e como definir o da sua marca?

O tom de voz é a personalidade ou identidade que uma marca expressa em suas comunicações. É como se a empresa fosse uma pessoa com estilo e linguagem própria, alguém que os clientes se identificam e amam conversar.

Principais tópicos

A história do seu e-commerce pode até ser inovadora, mas se você contar sua história de uma maneira que faça todos dormirem, não deixará uma impressão duradoura. E é por isso que sua marca precisa ter um tom de voz atraente e adequado.

Afinal, uma marca é muito mais que um logotipo. É a sua personalidade.

Neste artigo, nós explicamos o que é tom de voz de uma marca e ensinamos, de forma prática, como você pode definir a sua. Acompanhe!

O que é tom de voz?

O tom de voz da marca é a maneira como uma empresa fala, e é mais do que apenas um “é bom ter” — é um elemento fundamental da identidade da marca.

Uma marca com um tom de voz bem-sucedido usará palavras e técnicas características em seu conteúdo escrito para evocar um sentimento específico ou se conectar com um público específico.

Apesar do valor de uma boa voz de marca, muitas empresas não têm um estilo consistente e têm vários redatores criando conteúdo ao mesmo tempo, resultando em um sentimento de desunião.

Mais do que isso, muitas empresas evitam mudar seu tom corporativo estabelecido, temendo que não sejam levadas a sério.

Mas este não é o caso de ter que escolher entre falador e corporativo — a linguagem pode ser intrincadamente controlada para criar um vasto espectro de vozes, estilos e formalidades únicas.

Por ser fácil cair na linguagem corporativa e nos clichês da indústria, seu tom de voz pode e deve ser tão único e cheio de nuances quanto você.

Qual a diferença entre voz da marca e tom de voz?

Os dois termos acima são um pouco semelhantes, daí a confusão entre eles. Para tornar os conceitos mais evidentes para você, é importante deixar claro as diferenças entre eles.

A voz da marca mostra a visão distinta da sua empresa sobre qualquer assunto com base em quem você é como marca. É parte integrante da sua identidade, e só muda quando esta também muda.

O tom de voz da marca, por outro lado, é mais sobre a escolha estilística de como você escolhe se comunicar.

Consequentemente, é tudo sobre a escolha certa de palavras, estilo de escrita, pontuação, tonalidade emocional, ritmo, estrutura da frase etc.

Ao contrário da voz da marca, o tom de voz é ajustável e mais fluido. Ele pode mudar um pouco com base em alguns fatores:

  • segmentos de público: seu público pode consistir em vários grupos, dependendo das diferenças demográficas, padrões de comportamento etc. Por exemplo, o tom que você usaria para falar com adolescentes será diferente daquele que se dirige a um público mais velho;
  • canais de comunicação: da mesma forma, quando sua marca está presente em várias plataformas, seu tom de voz pode mudar um pouco ao passar de um canal para outro.

Por que minha marca precisa de um tom de voz?

O tom de voz de uma marca pode ser comparado ao impacto que a voz tem sobre como você percebe a personalidade de alguém.

Não é apenas o que você diz, mas também como você diz e, em algum nível, o que você irradia enquanto diz.

Ele vai além de um elemento puramente estilístico — é o núcleo da identidade da sua marca.

Afinal, como pessoa, você também tem uma personalidade “fixa”, mas a forma como você se comunica depende da situação e da pessoa com quem você está falando.

Ao determinar um tom de voz para a sua marca, você cria um ponto de apoio que lhe permite falar com a mesma personalidade em toda a sua comunicação (on-line e offline, desde grandes textos até micro copys).

E isso tem mais impacto do que você pensa.

Ao ser consistente, você dá às pessoas uma imagem clara de sua marca, e isso significa que elas podem construir confiança e conexões com você mais rapidamente.

Afinal, como marca, você deseja construir um relacionamento com (potenciais) clientes.

Seja na sua loja virtual, no seu site ou aplicativo, você cria esse relacionamento ao dialogar com o usuário — por meio das palavras que usa.

Mas vamos explicar os benefícios de ter um tom de voz para a sua marca na prática.

Mantém sua marca consistente

A linguagem e o tom que você usa também garantem consistência em todos os seus materiais e plataformas de marketing.

Seu logotipo, cores, valores, tom de voz e muito mais se juntam para criar sua marca. Mas é a consistência que a transforma de uma ideia para sua personalidade organizacional.

Da publicidade paga às principais páginas do site e postagens do blog, manter um tom de voz consistente reforça a identidade da sua marca.

Melhora o seu brand awareness

Esteja você apenas começando e tentando construir uma reputação ou procurando reforçar uma consciência de marca já bem estabelecida, a marca icônica é talvez a parte fundamental para conquistar mentes — e, com sorte, corações!

Se o seu tom de voz muda a cada anúncio, como você pode se destacar?

Os clientes são bombardeados com anúncios de todos os ângulos, por isso, é importante não se perder na multidão.

Um tom de voz único cria um impacto e torna você memorável.

Essa é a beleza do brand awareness (ou reconhecimento da marca) — você pode não fazer a venda hoje, mas um tom de voz cativante é algo que cria lembrança da marca pode semear as sementes para a conversão de amanhã.

Contribui para o alcance do seu público-alvo

A publicidade existe não apenas para informar ou persuadir, mas para criar uma conexão com seu público-alvo.

Se eles olham para você como uma fonte de conhecimento ou, até mesmo, se relacionam com a personalidade ou história da sua marca, seu tom de voz pode falar com seu público na linguagem dele.

Esse seu tom de voz não está apenas construindo reconhecimento, mas também lealdade e confiança à marca, que é o que faz os clientes voltarem.

Uma agência especialista em marketing digital poderá ajudar a alcançar públicos novos e mais amplos.

Isso ocorre por meio de mensagens que são transmitidas em todos os seus produtos de marketing, como mídia social, otimização de mecanismos de buscas e muito mais.

Ajuda você a criar mensagens atraentes rapidamente

Um tom de voz robusto não beneficia apenas a identidade da sua marca — também é ótimo para sua equipe de marketing.

Mesmo que você crie seus produtos de marketing internamente ou use uma agência, ter diretrizes abrangentes para sua marca como um todo (não apenas orientação) ajudará diversos profissionais.

Designers, profissionais de marketing digital e redatores de conteúdo são alguns dos exemplos, que podem se beneficiar.

Realmente definir a identidade de sua marca, ajuda a manter tudo consistente.

Deixe seus escritores brilharem, dando-lhes os recursos para criar textos atraentes e economize tempo acelerando o processo de pesquisa.

Como definir um tom de voz adequado à sua marca?

Encontrar seu tom de voz pode parecer difícil e complicado, mas as coisas serão muito mais fáceis quando você dividir o processo em etapas acionáveis. O guia abaixo fará exatamente isso!

Estude seu público

O primeiro passo para desenvolver seu tom de voz é a pesquisa de público.

Parece sensato, não é? Para descobrir como falar, você precisa saber com quem está falando.

Como cada empresa tem seu público-alvo exclusivo que prefere e entende uma linguagem, jargão e estilo de comunicação específicos, cabe à empresa adaptar-se a esses requisitos.

Pesquise o público-alvo, descobrindo os dados demográficos de seus clientes, como idade, localização, sexo, ocupação, interesses e educação.

Depois de reunir todas as informações, você terá uma imagem clara de quem são seus clientes e como eles devem ser abordados.

Você pode contar com o Google Analytics, Semrush ou ferramentas nativas de análise de mídia social para extrair os detalhes necessários sobre seus seguidores.

Defina seus valores

Cada ativo de marca que você cria e compartilha com o mundo deve derivar dos valores centrais de sua empresa.

Essas são as forças motrizes por trás de sua banda que revelam quem você é e o que você representa.

Um conjunto de valores comuns que você e seus compradores compartilham criará um vínculo mais forte e significativo, promovendo a fidelidade à marca entre seus clientes.

Defina as dimensões do tom de voz

Neste ponto, você deve ter dados suficientes sobre seu público e sua marca, o que significa que finalmente é hora de colocar essas informações em prática e começar a moldar seu tom.

Existem quatro dimensões principais de tom de voz:

  • engraçado ou sério;
  • formal ou casual;
  • respeitoso ou irreverente;
  • entusiasmado ou prático.

Isso pode parecer um radar estrito em preto e branco, mas, na verdade, permite bastante espaço para flexibilidade.

As dimensões criam um amplo espectro, onde você pode decidir de qual polo sua marca está mais próxima.

Você também pode optar por não se inclinar para nenhum dos lados, declarando uma posição neutra.

Quando você olha para exemplos de tom de voz, dificilmente encontra empresas que são estritamente engraçadas ou sérias.

Uma ampla variedade de tipos de tom de voz decorre apenas dessas quatro dimensões:

  • conservador;
  • informal;
  • sério;
  • inteligente;
  • corajoso;
  • respeitoso;
  • amigável;
  • otimista;
  • assertivo;
  • e muitos mais.

Toda marca estabelecida tem uma personalidade. Então, pense na sua para facilitar sua busca pelo tipo de tom certo.

Depois de identificar quais características se adéquam melhor à sua empresa, você pode ir além e listar palavras específicas para descrever seu tom de voz.

Por exemplo, se determinou que seu tom é casual, você é amigável, paquerador ou conversador? Defina o que exatamente o traço implica com a ajuda de palavras descritivas.

Crie um guia de estilo

Depois de definir o tom da sua marca, a próxima etapa importante é sua implementação adequada.

Isso significa reunir todas as descobertas das etapas anteriores em um documento unificado acessível aos membros de sua equipe.

Isso garantirá que todos os envolvidos na criação e distribuição de conteúdo de marca, seja ele textual ou visual, estarão na mesma página para manter uma apresentação consistente de sua organização.

Idealmente, seu guia destacará as principais características de sua marca, as variações de tons para diferentes circunstâncias e exemplos claros de tom de voz para demonstrar o que deve e o que não deve ser feito.

Como criar diretrizes para a voz da sua marca?

Tom de voz definido? Agora, vamos ver como criar diretrizes úteis, que o ajudarão a criar um tom de voz consistente em seu processo de criação de conteúdo.

Revise o conteúdo existente

Esse é um ótimo momento para revisar seu conteúdo existente.

Procure exemplos positivos e negativos de copy e veja o que precisa ser reescrito.

Uma auditoria pode ser uma etapa assustadora, especialmente se você tiver muito conteúdo.

Mas é importante para obter consistência no tom de voz da marca.

Às vezes, você também pode encontrar joias escondidas para exemplos de tom de voz.

Então, registre o que você gosta e não gosta na sua voz atual.

Peça a qualquer outra pessoa envolvida na definição de voz para fazer o mesmo. Em seguida, discuta seus comentários e concorde sobre o que a sua voz deve ou não levar adiante.

Use exemplos sempre que puder

Use bons exemplos exclusivos da sua marca em seu guia de estilo sempre que possível — ainda neste texto nós apresentamos alguns!

Trechos de seu conteúdo existente podem ajudar a tornar suas diretrizes mais acionáveis.

Além disso, seja claro sobre as expectativas para escritores e criadores de conteúdo. Dê contexto e exemplos do que as frases realmente significam.

Crie um dicionário de marca

Muitas vezes, as marcas constroem uma voz credível e reconhecível usando os mesmos tipos de frases e palavras repetidamente.

Crie um banco de palavras que você deseja usar em toda a sua organização. Pense em palavras para descrever seu produto ou serviço, bem como em palavras de conversação geral.

Pense em diferentes guias para diferentes contextos

É provável que o tom de voz mude entre os canais e formatos. Considere criar diretrizes diferentes para cada um. Por exemplo, você pode ter um para cada:

  • postagens em redes sociais (e até diferenciação entre Facebook, Instagram, Twitter etc.);
  • comunicados de imprensa;
  • postagens no blog;
  • outros tipos de conteúdo que você cria.

Pense na formatação e no design

Não basta torná-lo um documento simples do Word.

Reúna-se com designers para tornar seu guia de marca atraente para as pessoas envolvidas.

A fonte é fácil de ler e grande o suficiente para ser acessível? É visual? Divida longos trechos de texto com imagens.

Certifique-se de que seja lido

Não faz sentido seguir nenhuma das etapas acima se suas diretrizes não forem lidas ou usadas.

Deixe os membros relevantes da equipe saberem quando as diretrizes estiverem disponíveis, e, talvez, façam uma reunião para analisá-las juntos.

Além disso, torne o guia facilmente acessível em uma unidade compartilhada.

Quais marcas usam o tom de voz de forma exemplar?

Para você se inspirar trouxemos, aqui, alguns exemplos de marcas que usam muito bem o tom de voz. Confira!

Nike

Quando os empresários procuram os melhores exemplos de tom de voz da marca, a Nike quase sempre está no topo da lista.

A marca esportiva é frequentemente aclamada como uma poderosa empresa no mundo do marketing.

Isso porque, simplesmente, ela descobriu o poder de ter sua própria voz há muito tempo. Esse exemplo de voz de marca:

  • sente-se heroico e transformador;
  • muitas vezes, é argumentativo e progressivo;
  • lembra aos clientes que eles são capazes de grandeza;
  • usa coragem e inspiração.

Você não consegue pensar na voz da marca Nike sem ser lembrado de que todos, não apenas os atletas, podem ser resilientes por meio da persistência (com apenas uma ajudinha do equipamento esportivo certo).

Apple

A Apple tem um daqueles tipos de voz de marca que é tão forte que pode afastar certas pessoas.

Mas a gigante da tecnologia faz isso de propósito — ela sabe quem é seu público-alvo e não hesita em fazê-lo se sentir exclusivo e especial.

Esse exemplo de voz de marca:

  • é simples e confiante;
  • carrega um tom superior;
  • usa a informalidade para transmitir um sentimento de simplicidade;
  • inspirou o tom de voz de muitas empresas de tecnologia modernas e startups.

As campanhas dos iPhones são ótimos exemplos de como funciona a mecânica da voz da marca da Apple.

As frases são curtas, confiantes e declarativas. Isso tenta provar que eles são os melhores — puro e simplesmente. A Apple sabe tudo sobre a mentalidade dos grandes empreendedores e como acessá-la.

Coca-Cola

A Coca-Cola é um daqueles exemplos de voz e personalidade de marca que é, ao mesmo tempo, brilhante e sutil.

Ela tem essa fórmula mágica em todas as suas mensagens — quer você esteja vendo uma família de animais árticos se reunindo para as férias ou um grupo de pessoas despreocupadas dançando.

É difícil não associar esse refrigerante popular a uma sensação de nirvana.

Esse exemplo de voz de marca:

  • é muito amigável e pé no chão;
  • apresenta ideias de como é uma vida feliz (e como todos podemos encontrá-la);
  • evoca sentimentos positivos;
  • enfatiza a importância da família, da comunidade e da união.

Quando estiver aprendendo a criar conteúdo para sua empresa, pense em maneiras de fazer as pessoas agirem.

Lembra da famosa campanha “Compartilhe uma Coca-Cola”?

A marca produziu garrafas com centenas de nomes exclusivos, convidando as pessoas a comprar um refrigerante para um amigo ou ente querido em um ato de bondade.

A Coca-Cola faz um trabalho brilhante ao manter a ideia de amizade, amor e felicidade para a voz de sua marca.

Levará algum tempo para aperfeiçoar o tom de voz da sua empresa.

O uso destas estratégias citadas ajudará você a dar os primeiros passos na construção de uma identidade de marca reconhecível — e, enquanto isso, você pode começar a aprimorar todos os tipos de conteúdo que poderá criar com sua nova personalidade e estilo.

Então, tudo pronto para encontrar sua voz?

Quer aprofundar um pouco mais nas estratégias de branding? Assista, agora, a nossa live com dicas práticas para o seu e-commerce!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira os Planos Tray e abra sua loja virtual
Plano 1
52
Economize R$144
Economize R$144
Economize R$84
R$ 624 por ano
Economize R$144
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 2
94
Economize R$60
R$ 1.128 por ano
em até 6x sem juros

Melhor custo benefício

Plano 3
236
Economize R$156
R$ 2.832 por ano
em até 6x sem juros
Plano 4
359
Economize R$480
R$ 4.308 por ano
em até 6x sem juros

Plano 1

59

Melhor custo benefício

Plano 2

99

Melhor custo benefício

Melhor custo benefício

Melhor custo benefício

Plano 3

249

Plano 4

399

Assine e receba novos materiais

⚠ Não se preocupe, você não receberá spams. Além disso, seus dados estão seguros, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados.

Fique por dentro

Parabéns por se inscrever

Quer receber conteúdos e materiais em primeira mão? Acesse nosso grupo gratuitamente!